Exportar registro bibliográfico

A função do pai em psicanálise: para que serve a autoridade? (função e deriva na modernidade) (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: MENA, LUIZ FERNANDO BELMONTE - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: PSICANÁLISE; AUTORIDADE; MODERNIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: Pretendemos investigar neste trabalho a importância da autoridade do pai na educação dos filhos, mesmo que essa seja uma discussão perigosa, em face do discurso moderno educacional do "é proibido proibir". É cada vez mais freqüente ouvirmos dos pais - e também dos professores - que a tarefa educacional anda cada vez mais dificil, que os limites de outrora não existem mais, ou então que estes limites não encontram mais a mesma eficácia na hora de educar as crianças. Nosso objetivo é analisar a relação de autoridade presente na família pelo pai, mas acreditamos que esse debate pode ser útil para a Educação de uma maneira geral, no que concerne também à escola e à autoridade do professor, mesmo que não nos atenhamos a isso. Dividimos nossa pesquisa em duas partes principais: na primeira, procuramos compreender o conceito de autoridade, com a ajuda de Hanna Arendt e da filosofia política. Neste caminho, abordamos o combate à tirania patriarcal e a crise da autoridade na modernidade. Na segunda parte, procuramos entender como a autoridade chega ao pai em sua função de pivô da constituição subjetiva da criança, utilizando a psicanálise e sua teorização sobre a função do Pai, passando por Freud e Lacan. Esta pesquisa nasceu com o intuito de recolocar a importância do "não" na educação, como uma crítica às teorias educacionais modernas que defendem o "é proibido proibir". Contudo, ao longo de nossa pesquisa sobre o Pai em psicanálise, nos deparamos com o Lacan do real, epassamos a considerar que o "não" pode tanto estar presente quanto estar ausente, tão necessário quanto desnecessário, pois não é por causa dele que as crianças respeitam a autoridade do pai, do professor, ou que mantém a disciplina necessária ao processo de aprendizagem, como diriam os nostálgicos da educação tradicional. A autoridade do pai e do professor, parece-nos, não está condicionada ao "não" tão somente, pois há o nó dos três registros RSI. (continua) ) É através da maneira como ele - o pai ou o professor - goza, inserido numa filiação simbólica que sustente esse gozo possível, que o "não" e a autoridade podem ter algum efeito educativo, estruturante, de aprendizagem, de filiação, de acesso, de interdição, de transmissão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.09.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENA, Luiz Fernando Belmonte; KUPFER, Maria Cristina Machado. A função do pai em psicanálise: para que serve a autoridade? (função e deriva na modernidade). 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Mena, L. F. B., & Kupfer, M. C. M. (2004). A função do pai em psicanálise: para que serve a autoridade? (função e deriva na modernidade). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Mena LFB, Kupfer MCM. A função do pai em psicanálise: para que serve a autoridade? (função e deriva na modernidade). 2004 ;
    • Vancouver

      Mena LFB, Kupfer MCM. A função do pai em psicanálise: para que serve a autoridade? (função e deriva na modernidade). 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021