Exportar registro bibliográfico

Enolase neurônio-específica em pacientes com neurocisticercose (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LIMA, JOSÉ EDUARDO DE PAULA - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: CISTICERCOSE; NEUROLOGIA; LÍQUIDO CEFALORRAQUIDIANO
  • Language: Português
  • Abstract: A enolase neurônio-específica (NSE) é uma enzima glicolítica encontrada quase exclusivamente no citoplasma de neurônios e células neuroendócrinas. Os níveis de NSE têm sido utilizados para se estimar a intensidade da lesão neuronal assim como a evolução clínica dos pacientes acometidos por vários distúrbios neurológicos como acidente vascular encefálico, traumatismo crânio-encefálico, encefalopatia hipóxico-isquêmica, encefalites, metástases e status epilepticus. A neurocisticercose (NCC) é a mais freqüente doença parasitária do sistema nervoso central humano. O cisticerco pode permanecer viável no sistema nervoso central por vários anos. Nesta fase, o parasita modula a resposta inflamatória do hospedeiro e raramente causa sintomas. O surgimento de sintomas geralmente ocorre quando o cisticerco entra em uma fase degenerativa associada à inflamação pericística, mas também depende do número, tamanho e localização dos cistos. Especula-se que pacientes com NCC com cistos em degeneração poderiam apresentar evidência de dano neuronal provocado pela reação inflamatória associada a eles. Este estudo teve o objetivo de investigar a NSE no líquor (LCR) e no soro de pacientes com NCC, comparando pacientes com cistos em degeneração àqueles com cistos viáveis; e avaliar se os níveis de NSE se expressam diferentemente conforme a gravidade da disfunção neurológica. Cinqüenta e um indivíduos foram divididos em quatro grupos: pacientes com neurocisticercose (NCC, n=25);pacientes com distúrbios encefálicos distintos que apresentavam alteração da consciência (ENC, n=7); pacientes com meningite (n=11 ) e um grupo controle (n=8). No grupo NCC, 14 pacientes apresentavam cistos em degeneração (D), oito apresentavam cistos viáveis (V) e três apresentavam cistos inativos. Todos ele apresentava, cinco ou menos cistos, com exceção de um caso, com 30 cistos. Dosagem de albumina foi também realizada nas amostras de LCR e soro e o ... quociente de albumina (Qalb) foi utilizado a se estimar a permeabilidade da barreira hemato-encefálica. A pontuação na escala de coma de Glasgow (GCS) foi determinada no momento da punção liquórica e a pontuação na escala de evolução de Glasgow (GOS) foi determinada no momento da alta ou do óbito. Comparações entre os subgrupos de NCC V e D e controles não demonstram diferenças significativas dos níveis de NSE no LCR (LNSE), de NSE no o (SNSE) e Qalb. O grupo ENC apresentou níveis significativamente mais elevados de LNSE (p=0,01) e Qalb (p=0,005), mas não de SNSE (p=0,14), do que os grupos MEN, NCC e controle (Kruskal-Wallis). Pacientes com piores pontuações na GOS apresentaram níveis mais elevados de LNSE (p=0,035) do que pacientes com evoluções mais favoráveis. Os achados sugerem que a resposta inflamatória associada a um número relativamente pequeno de cisticercos em degeneração não provoca dano neuronal significativo. Além disso, a dosagem de NSE no soro não foisuficientemente sensível para detectar lesão neuronal, mas a NSE liquórica parece ser um bom parâmetro para se estimar dano neuronal em grupos de pacientes com quadros neurológicos mais graves assim como evoluções clínicas desfavoráveis. Entretanto, deve-se ter cautela ao se estimar em cada paciente individual gravidade do distúrbio neurológico e evolução clínica adversa utilizando-se exclusivamente a LNSE como parâmetro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.04.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, José Eduardo de Paula; LEITE, João Pereira. Enolase neurônio-específica em pacientes com neurocisticercose. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Lima, J. E. de P., & Leite, J. P. (2004). Enolase neurônio-específica em pacientes com neurocisticercose. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Lima JE de P, Leite JP. Enolase neurônio-específica em pacientes com neurocisticercose. 2004 ;
    • Vancouver

      Lima JE de P, Leite JP. Enolase neurônio-específica em pacientes com neurocisticercose. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020