Exportar registro bibliográfico

Emprego do teste estilocrômico no estudo comparativo entre crianças fóbicas e não-fóbicas (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: FREITAS, DENIR CAMARGO - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSC
  • Subjects: TESTE ESTILOCRÔMICO; FOBIAS; CRIANÇAS; TÉCNICAS PROJETIVAS; MEDIDAS DA PERSONALIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: O estudo compreende uma pesquisa realizada com o Teste Estilocrômico em crianças. Tem como objetivo a observação de sinais significativos para o diagnóstico de fobia infantil. A amostra compõe-se de sessenta crianças, de ambos os sexos, com idades entre oito e nove anos, alunos de um colégio da rede de ensino particular em São Paulo. Foram divididos em trinta crianças fóbicas e trinta não-fóbicas (critério de inclusão), sem a presença de distúrbios psicopatológicos severos (critério de exclusão). Os resultados estatísticos apontaram cinco diferenças significantes entre os dois grupos. Tais diferenças revelaram que as crianças fóbicas têm preferência maior pelas cores "quentes" e menor pelas cores "frias", sugerindo que estas são as mais propensas à impulsividade (cores quentes aumentadas), dispondo de menor controle inconsciente sobre a angústia (cores frias reduzidas), e, portanto, recorrendo às fobias como controle neurótico para evitar situações de perigo inconscientes. Também apresentaram menor simetria na execução das pinturas, além de maior "tempo de reação inicial" nas figuras mais complexas, por efeito da angústia presente nessas crianças. A partir desses resultados, podemos concluir que o Teste Estilocrômico presta-se, favoravelmente, como instrumento para a investigação clínica e preventiva da personalidade infantil
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.09.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FREITAS, Denir Camargo; SIMON, Ryad. Emprego do teste estilocrômico no estudo comparativo entre crianças fóbicas e não-fóbicas. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Freitas, D. C., & Simon, R. (2004). Emprego do teste estilocrômico no estudo comparativo entre crianças fóbicas e não-fóbicas. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Freitas DC, Simon R. Emprego do teste estilocrômico no estudo comparativo entre crianças fóbicas e não-fóbicas. 2004 ;
    • Vancouver

      Freitas DC, Simon R. Emprego do teste estilocrômico no estudo comparativo entre crianças fóbicas e não-fóbicas. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021