Exportar registro bibliográfico

O desenvolvimento da América Latina pelo olhar latino americano: a persistência do desequilíbrio estrutural - obstáculos, trajetórias e potencialidades segundo as concepções cepalinas (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: GUSMÃO, PAULO CAMILLO PINTO DE - PROLAM
  • Unidade: PROLAM
  • Subjects: DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO; INDUSTRIALIZAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: O desenvolvimento dos países latino-americanos voltou a ocupar papel privilegiado no debate social e econômico no início do século XXI, com impacto na agenda dos governos, na formulação de políticas públicas e na condução da política econômica. Após vinte anos de reduzido crescimento e elevado e duradouro desemprego, os desequilíbrios estruturais e desigualdades econômicas e sociais foram agravados. O debate político sobre o desenvolvimento dos países da América Latina está apontando a recuperação de sua condição de caminho obrigatório para superar essa situação e propiciar um futuro mais próspero, distributivo, justo e inclusivo socialmente. Essa compreensão não é nova. Nos anos de 1950 e 1960, pensadores de diversas formações dos países da região construíram um corpo teórico original e consistente voltado para a compreeensão da dinâmica da realidade latino-americana e a visualização dos caminhos necessários para viabilizar seu desenvolvimento. Suas concepções lançaram um olhar latino-americano sobre a América Latina, capaz de abranger sua realidade e propor alternativas para ultrapassar os obstáculos estruturais ao seu desenvolvimento. Seu perocesso de industrialização a partir de 1930 representou a emergência de um novo padrão de desenvolvimento, substitutindo o modelo de desenvolvimento para fora, assentado na produção e exportação de bens primários. A industrialização latino-americana ocorreu necessariamente através da substituição de importações de bensindustriais pela produção manufatureira interna. Seu avanço, no entanto, foi comprometido pela baixa capacidade de formação de poupança interna e de acumulação de capital e pela persistência do desequilíbrio de suas contas externas e de seus obstáculos estruturais internos. Nesse contexto, os investimentos necessários para promover o desenvolvimento não foram suficientes para garantir seu dinamismo e sua sustentabilidade. ) O desenvolvimento latino-americano, pelo caminho obrigatório da industrialização substitutiva, não logrou eliminar seus profundos desequilíbrios estruturais, não obstante a diversificação, modernização e maior eficiência de seu sistema econômico, e a melhora das condições sociais de sua população, devido à absorção produtiva de uma parcela considerável de sua força de trabalho. A persistência dos obstáculos estruturais ao desenvolvimento da América Latina foi sempre preocupação dos pensadores cepalinos. Visando sua superação, eles identificaram potenciais existentes nas sociedades latino-americanas e propuseram maior cooperação entre os países seguindo um processo de integração regional direcionado para seu desenvolvimento. A superação dos obstáculos ao desenvolvimento requer uma opção política determinada, restrita e prejudicada pela concentração do poder econômico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.08.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GUSMÃO, Paulo Camillo Pinto de; CACCIAMALI, Maria Cristina. O desenvolvimento da América Latina pelo olhar latino americano: a persistência do desequilíbrio estrutural - obstáculos, trajetórias e potencialidades segundo as concepções cepalinas. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Gusmão, P. C. P. de, & Cacciamali, M. C. (2004). O desenvolvimento da América Latina pelo olhar latino americano: a persistência do desequilíbrio estrutural - obstáculos, trajetórias e potencialidades segundo as concepções cepalinas. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gusmão PCP de, Cacciamali MC. O desenvolvimento da América Latina pelo olhar latino americano: a persistência do desequilíbrio estrutural - obstáculos, trajetórias e potencialidades segundo as concepções cepalinas. 2004 ;
    • Vancouver

      Gusmão PCP de, Cacciamali MC. O desenvolvimento da América Latina pelo olhar latino americano: a persistência do desequilíbrio estrutural - obstáculos, trajetórias e potencialidades segundo as concepções cepalinas. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021