Exportar registro bibliográfico

Novas observações e perspectivas do uso de lípases na síntese de peptídeos (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated author: LIRIA, CLEBER WANDERLEI - IQ
  • School: IQ
  • Sigla do Departamento: QBQ
  • Subjects: PEPTÍDEOS (SÍNTESE); LIPASE (USO); SÍNTESE ORGÂNICA
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese é composta de estudos realizados com a finalidade de encontrar condições experimentais e gerar informações confiáveis que possam ser utilizadas em síntese de peptídeos mediada por lipases. Inicialmente, foram caracterizadas por eletroforese do tipo PAGE-SDS e medida de atividade em óleo de oliva duas lipases purificadas de Candida cylindracea (CCL) e duas pancreáticas suínas, purificada (pPPL) e bruta (cPPL). As CCLs apresentaram atividades lipásicas e graus de purezas superiores às PPLs. Dentre os contaminantes das PPLs, foram identificadas a tripsina e a `ALFA`-quimotripsina (´ALFA`-QT). Em seguida, foi realizado um estudo sistemático da síntese do dipeptídeo modelo Ac-Tyr-Gly-N´H IND.2`. A melhor condição experimental encontrada foi: mistura de n-hexano/tampão Tris-HCl, 0,5M, pH 8,0, (80/20,v/v), 50mg/mL de cPPL, 0,05M de Ac-Tyr-OEt, 0,5M de Gly-N´H IND.2´, 37´GRAUS CENTIGRADOS` e agitação de 300 rpm, que forneceu rendimento de ´APROXIMADAMENTE`90 ´POR CENTO` em 5 min de reação. Porém, nesta condição foi observada a hidrólise secundária do produto formado, a qual foi extinta pelo tratamento da cPPL com um inibidor específico de ´ALFA`-QT. A condição otimizada de síntese de Ac-Tyr-Gly-N´H IND.2` também se mostrou adequada à preparação de Z-Asp-Gly-N´HIND.2` a partir de Z-Asp-OMe e de Gly-N´H IND.2`. Quando se estudou a influência da percentagem de n-hexano na eficiência da formação de ligação peptídica, ela também foi a melhorcondição. Tendo escolhido a lipase e o meio reacional, iniciou-se um estudo sistemático da hidrólise do éster de onze Z-aminoácidos-OMe, o qual visou gerar informações que possibilitassem prever quais aminoácidos deveriam compor o doador de acila esterificado a ser empregado em síntese de peptídeos catalisada por cPPL. A ordem de preferência desta preparação enzimática na hidrólise de ésteres dos Z-aminoácidos-OMe testados foi a seguinte: (Lys, Arg e His) ) ´MAIOR`(Phe e Tyr)´MAIOR`(Asp, Glu, Gln, Ser, Thr e Leu). Também foi estudada a influência da natureza do éster e do protetor de grupo ´ALFA`-amino na hidrólise de ésteres de N´ALFA`-acil-Asp ou -Glu. A cPPL preferiu hidrolisar o éster benzílico de Z ou Boc-Asp e de Z-Glu. Em algumas incubações para a hidrólise do éster de Z-aminoácidos-OMe foi observada uma reação secundária com possível aplicação na química de peptídeos: a remoção do grupo Z com formação do aminoácido livre correspondente. Esta ocorreu mesmo quando a tripsina e a ´ALFA`-QT foram inibidas irreversivelmente. Assim, Z-aminoácidos foram incubados com a cPPL e os resultados obtidos demonstraram que ela foi capaz de remover o grupo Z de onze deles com velocidades iniciais que obedecem a seguinte ordem: Tyr´MAIOR`Phe´MAIOR`Ser´MAIOR`Gln´MAIOR`Lys´MAIOR`His´MAIOR`Trp´MAIOR`Leu´MAIOR`Met´MAIOR`Arg´MAIOR`Ile. A remoção em questão também foi observada quando o dipeptídeo Z-Gly-Phe foi incubado em presença de cPPL. A formação de glicina no meio reacionaldecorreu da hidrólise da ligação peptídica. Sumarizando, as contribuições mais relevantes deste trabalho são: 1) a proposição inédita de um sistema bifásico para a formação da ligação peptídica catalisada por cPPL; 2) a demonstração inequívoca da presença de tripsina e ´ALFA`-QT e a sugestão de contaminação por carboxipeptidase A na cPPL. Estes contaminantes podem contribuir para a eficiência das sínteses de peptídeos catalisadas por esta preparação enzimática; 3) a constatação de que apesar de mais impura, a cPPL catalisou mais eficientemente do que as CCLs a formação de ligação peptídica via aminólise de ésteres; 4) a obtenção de resultados de um estudo sistemático de hidrólise de ésteres de Z-aminoácidos que podem auxiliar na escolha de doadores de acila a serem usados em sínteses de peptídeos catalisadas por cPPL; 5) a observação inédita de remoção do grupo Z de alguns
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.03.2004
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LÍRIA, Cleber Wanderlei; MIRANDA, Maria Terêsa Machini de. Novas observações e perspectivas do uso de lípases na síntese de peptídeos. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-14112014-105911/pt-br.php >.
    • APA

      Líria, C. W., & Miranda, M. T. M. de. (2004). Novas observações e perspectivas do uso de lípases na síntese de peptídeos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-14112014-105911/pt-br.php
    • NLM

      Líria CW, Miranda MTM de. Novas observações e perspectivas do uso de lípases na síntese de peptídeos [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-14112014-105911/pt-br.php
    • Vancouver

      Líria CW, Miranda MTM de. Novas observações e perspectivas do uso de lípases na síntese de peptídeos [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-14112014-105911/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020