Exportar registro bibliográfico

O tema da impossibilidade amorosa em armance de Stendhal e ressurreição de Machado de Assis (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: CERIBELLI, KARINA PEDREIRA DE FREITAS - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: LITERATURA COMPARADA; LITERATURA BRASILEIRA; LITERATURA FRANCESA
  • Language: Português
  • Abstract: O tema da impossibilidade amorosa é recorrente na literatura ocidental, desde os trovadores do século XII até o Romantismo. Ele aparece em Armance, primeiro romance de Stendhal, assim como em Ressurreição que também é o primeiro de Machado de Assis. Sabendo que alguns estudos demonstraram haver um diálogo entre a literatura francesa e a obra de Machado de Assis, e tendo conhecimento de que o mesmo era um leitor assumido de Stendhal, decidiu-se comparar o tema da impossibilidade amorosa, nessas duas obras, a partir de um estudo das personagens e do desenvolvimento do amor. O estudo das personagens masculinas mostra o quanto Octave de Malivert, herói de Armance, assemelha-se em alguns aspectos a Félix, herói de Ressurreição, pelo caráter e pela aversão à vida. A mesma análise em relação as personagens femininas revela como Armance assemelha-se a Lívia, heroína de Ressurreição, pelo caráter forte e determinado, e pela função "ressurgente" que elas ocupam ao lado das personagens masculinas, tentando - em vão - trazê-las de volta para a vida. Apesar dessas semelhanças, as personagens stendhalianas ainda são herdeiras da tradição do "héroi" romântico, de alma pura, que enfrenta grandes dilemas, enquanto as personagens machadianas não são tão idealizadas: e se Lívia ainda tem umas caractéristicas românticas, Félix apresenta elementos das personagens "realistas".O estudo das relações amorosas em cada obra baseou-se no esquema das etapas do amordesenvolvido por Stendhal em De l' Amour. Portanto, se Armance é uma obra que se encaixa na tradição romântica do amor impossível, por tratar do amor de maneira idealizada, Ressurreição é um romance de passagem que já possui características anti-românticas, pois trata o amor de forma fria e rígida, anunciando obras como Dom Casmurro, típicas do realismo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.09.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CERIBELLI, Karina Pedreira de Freitas; PASSOS, Gilberto Pinheiro. O tema da impossibilidade amorosa em armance de Stendhal e ressurreição de Machado de Assis. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Ceribelli, K. P. de F., & Passos, G. P. (2004). O tema da impossibilidade amorosa em armance de Stendhal e ressurreição de Machado de Assis. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ceribelli KP de F, Passos GP. O tema da impossibilidade amorosa em armance de Stendhal e ressurreição de Machado de Assis. 2004 ;
    • Vancouver

      Ceribelli KP de F, Passos GP. O tema da impossibilidade amorosa em armance de Stendhal e ressurreição de Machado de Assis. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021