Exportar registro bibliográfico

Clonagem e análise do gene codificador da enzima acetolactato sintase (ALS) em Amaranthus quitensis e Bidens pilosa (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: LUCHETA, ADRIANO REIS - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCB
  • Subjects: AMINOÁCIDOS; CLONAGEM; HERBICIDAS; INIBIDORES DE ENZIMAS; PICÃO PRETO; PLANTAS DANINHAS; RESISTÊNCIA GENÉTICA VEGETAL
  • Language: Português
  • Abstract: A enzima Acetolactato sintase é a enzima chave na biossíntese dos aminoácidos de cadeia ramificada valina, leucina e isoleucina. A ALS foi identificada como alvo de ação de cinco classes distintas de herbicidas: sulfoniluréias, imidazolinonas, triazolopirimidinas, pirimidil-tiobenzoatos e sulfonilamino-carbonil-triazolinonas. Estes herbicidas vêm sendo intensivamente utilizados no controle de plantas daninhas em diversos países, levando ao surgimento de biótipos resistentes. Até hoje foram observadas 83 espécies resistentes aos herbicidas inibidores da ALS no mundo. Na América do Sul, foram identificadas as espécies Bidens pilosa (picão-preto) e Amaranthus quitensis (caruru), no Brasil e na Argentina, respectivamente. Sementes destas espécies foram coletadas em lavouras de soja para ensaios biológicos e determinação da curva dose-resposta, confirmando a resistência e sensibilidade aos herbicidas inibidores da ALS. A seqüência codificadora do gene da ALS de cinco plantas, dos biótipos resistentes e sensíveis, de ambas as espécies, foi amplificada por PCR, clonada em plasmídeos e seqüenciada. Os resultados mostram que a seqüência codificadora do gene da ALS em A. quitensis é composta por 2010 nucleotídeos tanto nos biótipos resistentes como nos sensíveis. Em B. pilosa, a seqüência dos biótipos resistentes é composta por 1935 nucleotídeos e dos biótipos sensíveis é composta por 1959 nucleotídeos. Foi demonstrado que o fenótipo de resistência em ambas as espéciesé determinado pela substituição do aminoácido Triptofano (W), nos biótipos sensíveis, pelo aminoácido Leucina (L), nos biótipos resistentes, na região denominada domínio B. Resultados semelhantes foram descritos em (continua) )outras espécies. Plasmídeos binários contendo a seqüência codificadora completa da ALS, de biótipos resistentes e sensíveis de A. quitensis e B. pilosa, foram construídos para a transformação de discos foliares de tabaco via Agrobacterium tumefasciens.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.08.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LUCHETA, Adriano Reis; CARRER, Helaine. Clonagem e análise do gene codificador da enzima acetolactato sintase (ALS) em Amaranthus quitensis e Bidens pilosa. 2004.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2004. Disponível em: < http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-20181127-161725/ >.
    • APA

      Lucheta, A. R., & Carrer, H. (2004). Clonagem e análise do gene codificador da enzima acetolactato sintase (ALS) em Amaranthus quitensis e Bidens pilosa. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-20181127-161725/
    • NLM

      Lucheta AR, Carrer H. Clonagem e análise do gene codificador da enzima acetolactato sintase (ALS) em Amaranthus quitensis e Bidens pilosa [Internet]. 2004 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-20181127-161725/
    • Vancouver

      Lucheta AR, Carrer H. Clonagem e análise do gene codificador da enzima acetolactato sintase (ALS) em Amaranthus quitensis e Bidens pilosa [Internet]. 2004 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-20181127-161725/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021