Exportar registro bibliográfico

Latência e transmissão:: uma abordagem psicanalítica da eficácia do ato educativo na infância - entendido como tarefa e dívida paterna para a constituição do sujeito e para a maximização do êxito do trabalho da adolescência (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: RUFFINO, RODOLPHO - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: PSICANÁLISE; PATERNIDADE; ADOLESCÊNCIA; CONSTITUIÇÃO DO EU
  • Language: Português
  • Abstract: A presente dissertação apresenta uma reflexão a respeito do lugar da eficácia da função paterna pós-edípica sobre a infância do sujeito humano estruturado sob a normalidade neurótica na transmissão dos recursos para a sua travessia ulterior pela adolescência e para a constituição de sua subjetividade adulta futura. Aqui, o período da latência da sexualidade infantil (período compreendido entre o Édipo e a puberdade) é situado como correspondendo ao tempo da constituição do sujeito no qual - desde que se espere que dali surja um sujeito à altura de ter acesso a alguma noção de seu lugar na ordem simbólico-cultural - deve acontecer a recepção, pela subjetividade da criança, da estrutura, da história e da semântica próprias à civilização na qual ela está inscrita. No entanto, segundo a tese aqui defendida, essa recepção, para acontecer, precisa de algo a mais do que a boa vontade ou a responsabilidade da criança. Ela precisa ser ativamente possibilitada por algo que advenha à criança de fora e por obra de um trabalho de transmissão do legado a ela destinado que só pode se realizar a partir de um outro. Não de um outro qualquer e sim de um outro que, frente à criança e nesse tempo de sua vida, torne presente a Alteridade, a Proximidade e a Providência através de sua própria presença. Ora, este trabalho pensa que, em consonância com o pensamento freudiano, o personagem paterno da realidade familiar é, para a criança em latência, dentre todos as figuras que a partir docampo do Outro possam estar marcado para essa criança simultaneamente por essas três posições, aquele que está, desde o Édipo, em posição privilegiada de operar tal transmissão. E esta dissertação acrescenta ainda que é através desse trabalho paterno de transmissão que se encerrará a série dos acontecimentos que, ao longo da infância, puseram-se a operar para a constituição da subjetividade humana
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.07.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RUFFINO, Rodolpho; KUPFER, Maria Cristina Machado. Latência e transmissão:: uma abordagem psicanalítica da eficácia do ato educativo na infância - entendido como tarefa e dívida paterna para a constituição do sujeito e para a maximização do êxito do trabalho da adolescência. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Ruffino, R., & Kupfer, M. C. M. (2004). Latência e transmissão:: uma abordagem psicanalítica da eficácia do ato educativo na infância - entendido como tarefa e dívida paterna para a constituição do sujeito e para a maximização do êxito do trabalho da adolescência. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ruffino R, Kupfer MCM. Latência e transmissão:: uma abordagem psicanalítica da eficácia do ato educativo na infância - entendido como tarefa e dívida paterna para a constituição do sujeito e para a maximização do êxito do trabalho da adolescência. 2004 ;
    • Vancouver

      Ruffino R, Kupfer MCM. Latência e transmissão:: uma abordagem psicanalítica da eficácia do ato educativo na infância - entendido como tarefa e dívida paterna para a constituição do sujeito e para a maximização do êxito do trabalho da adolescência. 2004 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021