Exportar registro bibliográfico

Comportamento reprodutivo, autoecologia reprodutiva e anatomia gonadal de quatro espécies de Pomacentridae (Teleostei: Percifromes) de São Sebastião, SP (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, EDUARDO BESSA PEREIRA DA - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: OSTEICHTHYES; PERCIFORMES; SÃO SEBASTIÃO(SP)
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo tem por objetio apresentar informações sobre a reprodução de quatro espécies de peixes da família Pomacentridae. Abudefduf saxatilis, Chromis multilineata, Stegastes fuscus e S. variabilis, cob três enfoques: a) comportamento repordutivo; b) autoecologia reprodutiva de A. saxatilis, com observações sobre o período de desova em Stegastes spp.; e c) Anatomia gonadal, histologia das gônadas e desenvolvimento embriológico de A. saxatilis e S. variabilis. Os dados foram obtidos entre março de 2002 e março de 2003 em São Sebastião, SP. O comportamento foi observado pelo método de animal focal com amostragem instantânea, estatisticamente trabalhado com ANOVA. Sexo e estádio de mautração gonadal foram obtidos pela dissecção dos exemplares coletados, que também foram medidos, e tiveram seus pesos total e da gônada obtidos; transecções foram realizadas para obter o período de desova através de sensos visuais dos machos com ovos, o período de desova foi comparado com fatores ambientais por análises de correlação. A anatomia e histologia das gônadas de alguns animais coletados foram descritas, assim como o desenvolvimento dos embriões em ovos de S.variabilis coletados desde a postura até a eclosão. Houve diferenças nos comportamentos durante o ciclo de vida em A. saxatilis e Stegastes sp. (0,001<P<0,01), adultos reprodutivos das quatro espécies diferiram entre si (0,001<P<0,017). A proporção sexual foi de 1:1 (P<0,05), o amadurecimento da gônada deveocorrer entre 101 e 115mm, o período de desova ocorreu entre novemvro e fevereiro, mostrando-se correlacionado com o fotoperíodo e amplitude témica (0,003<P<0,016). As espécies dissecadas apresentaram gônadas semelhantes àquelas descritas para outros Perciformes, as larvas eclodiram no terceiro ou quarto dia após a postura co 2,1 '+ ou -' 0,45mm. Os adultos diferem dos jovens pelo investimento no cuidado ao terrítório e aos ovos, da mesma forma diferem os adultos de C. multilineata das outras três espécies por não alterar muito seu comportamento em função do cuidado parental. O fotoperíodo tende a ser fator mais importante de arrastamento de ritmos biológicos, inclusive o reprodutivo. As gôndas das espécies estudadas ocupam uma porção menor da cavidade abdominal, mesmo quando maduiras; e o período de incubação dos ovos é mais longo nessas espécies, se comparadas a espécies de reprodução mais explosiva
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.07.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BESSA, Eduardo; SOUZA, Ana Maria Moreira. Comportamento reprodutivo, autoecologia reprodutiva e anatomia gonadal de quatro espécies de Pomacentridae (Teleostei: Percifromes) de São Sebastião, SP. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Bessa, E., & Souza, A. M. M. (2004). Comportamento reprodutivo, autoecologia reprodutiva e anatomia gonadal de quatro espécies de Pomacentridae (Teleostei: Percifromes) de São Sebastião, SP. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Bessa E, Souza AMM. Comportamento reprodutivo, autoecologia reprodutiva e anatomia gonadal de quatro espécies de Pomacentridae (Teleostei: Percifromes) de São Sebastião, SP. 2004 ;
    • Vancouver

      Bessa E, Souza AMM. Comportamento reprodutivo, autoecologia reprodutiva e anatomia gonadal de quatro espécies de Pomacentridae (Teleostei: Percifromes) de São Sebastião, SP. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021