Exportar registro bibliográfico

Efeitos da mistura de alimentos: como a mudança para folhas de idades diferentes afeta a performance e a preferência alimentar de Ascia monuste (Lepidoptera, Pieridae) (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: RODRIGUES, REBECCA DE SOUZA BITTENCOURT - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: LEPIDOPTERA; ENTOMOLOGIA; ECOSSISTEMAS
  • Language: Português
  • Abstract: No campo, uma grande proporção dos imaturos de Ascia monuste, a lagarta da couve, migra para outras regiões do hospedeiro para completar seu desenvolvimento, se deparando com folhas de idades diferentes. Assim, mesmo sendo considerados herbívoros especialistas, as lagartas freqüentemente se deparam com variações nutricionais e espaciais do alimento. Embora estudos anteriores tenham demonstrado que imaturos que se alimentaram exclusivamente de folhas jovens têm melhor performance do que aqueles que se alimentaram de folhas velhas, essa espécie tem apresentado habilidades para compensar quando o alimento é de menor valor nutritivo. Muitos trabalhos têm encontrado efeitos deletérios da mudança de hospedeiro na performance dos imaturos; outros, entretanto, tem encontrado que dependendo da seqüência da dieta, as lagartas podem até se beneficiar. Um hospedeiro, ou parte dele, pode ser, assim, mais apropriado em algumas fases do desenvolvimento larval do que em outras, dependendo de vários fatores. Assim, o objetivo desse trabalho foi investigar como a mudança para folhas de couve com idades diferentes pode afetar a performance de A. monuste, já que esse movimento é bastante comum na espécie estudada. Como o movimento na natureza se inicia entre o quarto e quinto ínstares, as lagartas receberam um tipo (idade) de folha até o terceiro instar, e depois receberam o outro tipo, nova ou velha. Além disso, foi avaliado se a experiência prévia de um alimento,ou seja, de um tipo específico de folha, influenciaria a escolha do alimento em outra idade larval. Esse fenômeno de indução também é bastante comum na natureza. Os parâmetros utilizados para avaliar a performance foram tempo para o desenvolvimento (tanto para completar os três primeiros instares como também o tempo do quarto e quinto instares), ingestão de alimento, biomassa incorporada, índices digestórios que avaliaram a eficiência na utilização do alimento, ... taxas de crescimento e consumos relativos, porcentagem de emergência, peso e tamanho dos adultos. De um modo geral, as lagartas que se alimentam primeiro de folhas jovens apresentaram melhor performance, mas na segunda fase do desenvolvimento larval, a performance não variou segundo o alimento ingerido previamente. Nos dois primeiros ínstares, devido à impossibilidade de calcular a ingestão individual das lagartas, mediu-se a porcentagem de lagartas que migraram para folhas novas ou velhas. Já nos outros instares, a preferência foi calculada pela ingestão de cada tipo de folha por lagartas individualizadas. No campo, a preferência foi calculada pela proporção de lagartas que migraram para as folhas novas ou velhas a partir do caule e também pela proporção de lagartas que mudaram de folha quando colocadas diretamente sobre uma folha nova ou velha. Para os experimentos em laboratório, foram utilizadas lagartas dos 5 estágios larvais de A. monuste. Estas foram alimentadas em um dosdois tipos de folhas até o instar anterior ao do experimento, exceto as lagartas recém-eclodidas. Já para os experimentos em campo, foram utilizadas somente lagartas do quarto e quinto ínstares, pois os movimentos para folhas de idades diferentes no campo só ocorrem nestes estágios. Os dados obtidos em laboratório sugerem uma diferenciação hierárquica no grau de preferência: as lagartas dos dois primeiros instares preferem folhas jovens; as lagartas do terceiro ínstar mostram uma flexibilidade no grau de preferência e as lagartas de quarto e quinto ínstares não apresentam preferência por nenhum tipo de folha. Os dados dos dois últimos ínstares foram confirmados no campo, uma vez que as lagartas alimentaram-se no primeiro tipo de folha que encontram, independente do que se alimentaram previamente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.04.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Rebecca de Souza Bittencourt; ZUCOLOTO, Fernando Sérgio. Efeitos da mistura de alimentos: como a mudança para folhas de idades diferentes afeta a performance e a preferência alimentar de Ascia monuste (Lepidoptera, Pieridae). 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Rodrigues, R. de S. B., & Zucoloto, F. S. (2004). Efeitos da mistura de alimentos: como a mudança para folhas de idades diferentes afeta a performance e a preferência alimentar de Ascia monuste (Lepidoptera, Pieridae). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Rodrigues R de SB, Zucoloto FS. Efeitos da mistura de alimentos: como a mudança para folhas de idades diferentes afeta a performance e a preferência alimentar de Ascia monuste (Lepidoptera, Pieridae). 2004 ;
    • Vancouver

      Rodrigues R de SB, Zucoloto FS. Efeitos da mistura de alimentos: como a mudança para folhas de idades diferentes afeta a performance e a preferência alimentar de Ascia monuste (Lepidoptera, Pieridae). 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020