Exportar registro bibliográfico

Métodos moleculares aplicados na pesquisa de Escherichia coli O 157 em amostras fecais de bovinos (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: FIGUEIREDO, VERA CECILIA FERREIRA DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • Subjects: TÉCNICAS MICROBIOLÓGICAS; MICROBIOLOGIA AMBIENTAL; ESCHERICHIA COLI; COLITE
  • Language: Português
  • Abstract: O grupo das Escherichia coli enterohemorrágicas (EHEC) foi assim classificado após a identificação do sorotipo O157:H7 como patógeno nos EUA, em 1982. Este sorotipo foi isolado em dois grandes surtos de colite hemorrágica (CH) associados à ingestão de hambúrgueres. É considerado causa emergente de doença de transmissão alimentar, ocasionando quadros de diarréia branda à severa (sanguinolenta), podendo evoluir para um quadro de insuficiência renal ocasionalmente fatal, denominado síndrome hemolítica urêmica (SHU). O gado bovino saudável tem sido apontado como o principal reservatório de EHEC e o conteúdo fecal desses animais pode contaminar a carne durante o abate, bem como os equipamentos utilizdos neste processo. A infecção também pode ocorrer pela ingestão de leite cru e derivados não pasteurizados, embutidos, vegetais e água contaminada. O contágio pessoa a pessoa também é um importante modo de transmissão. Objetivo. Aplicação de métodos moleculares, visando caracterizar Escherichia coli sorogrupo O157, em isolados de amostras fecais de bovinos. Métodos. Amostras fecais de 44 bovinos sadios foram colhidas em matadouro com serviço de inspeção oficial e em propriedades de exploração leiteira. As amostras foram enriquecidas em caldo EC e semeadas em meio de cultura específico (Fluorocult®, Merck). As colônias sorbitol-negativo, MUG-negativo e oxidase-negativa foram testadas com anti-soro específico (soro anti E. coli O157®, Probac). Os isoladosobtidos foram submetidos a técnicas moleculares (PCR e RSS-PCR) utilizando iniciadores específicos para o microrganismo em estudo. Resultados. ) Os resultados não confirmaram a presença do sorogrupo O157 nas amostras pesquisadas mas evidenciaram que as técnicas moleculares empregadas foram capazes de evidenciar e caracterizar a cepa padrão E. coli O157H:7, podendo assim, serem utilizadas como ferramentas para a identificação de amostras do sorogrupo O157, possibilitando um diagnóstico específico, de fácil execução e pouco dispendioso (AU)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.06.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FIGUEIREDO, Vera Cecília Ferreira de; MATTÉ, Maria Helena. Métodos moleculares aplicados na pesquisa de Escherichia coli O 157 em amostras fecais de bovinos. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Figueiredo, V. C. F. de, & Matté, M. H. (2004). Métodos moleculares aplicados na pesquisa de Escherichia coli O 157 em amostras fecais de bovinos. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Figueiredo VCF de, Matté MH. Métodos moleculares aplicados na pesquisa de Escherichia coli O 157 em amostras fecais de bovinos. 2004 ;
    • Vancouver

      Figueiredo VCF de, Matté MH. Métodos moleculares aplicados na pesquisa de Escherichia coli O 157 em amostras fecais de bovinos. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021