Exportar registro bibliográfico

Suplementos fluorados no Município de Sâo Paulo: avaliação da prática clínica de prescritores, das recomendações de formuladores de políticas públicas de saúde e de entidades profissionais (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: RIBEIRO, DENISE MARRONE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • Subjects: PERCEPÇÃO; PEDIATRIA; FLÚOR; FLUORAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução. O flúor tem sido amplamente utilizado na prevenção e controle da cárie dentária e o uso sistêmico do flúor através da água fluoretada constitui a forma mais empregada em saúde pública. Num contexto de diminuição da prevalência de cárie dentária, maior oferta de dentifrício fluoretado e preocupação com um possível aumento de fluorose nas formas muito leve e leve a ingestão de flúor a partir de outras fontes toma-se relevante. O uso de suplementos fluorados tem sido revisto. Está contraindicado em áreas fluoretadas e, na atualidade, tem um uso muito restrito. A prescrição inadequada associada com fluorose tem sido descrita. Objetivos. Identificar a conduta clínica de pediatras quanto à prescrição de suplementos fluorados no Município de São Paulo e identificar as justificativas para prescrição e a percepção da necessidade da presença do flúor nos mesmos; identificar e avaliar as recomendações de entidades profissionais e instituições públicas de saúde em relação aos suplementos; identificar e analisar o conteúdo teórico em obras da literatura acerca do uso dos suplementos antes e depois de 1985. Método. A coleta de dados foi feita através de questionário enviado pelo correio aos especialistas associados à Sociedade de Pediatria de São Paulo (n= 246), no ano de 2003. Os dados foram analisados através do Programa Epilnfo 6 (dados quantitativos) e da metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo (dados qualitativos). As informações obtidas através da pesquisa junto às entidades profissionais, instituições públicas de saúde e da literatura pré e pós 1985 foram analisadas com vistas a situar as recomendações sobre esses produtos. Resultados. A porcentagem de questionários devolvidos foi de 11,5% e determinou que a amostra real fosse 50,8% da amostra ideal.A freqüência de pediatras da população de estudo que prescreveu algum suplemento contendo flúor encontrada foi de 12,8% e 78,4% não acham necessária a presença do flúor nos mesmos. A maioria (75,2%) dos médicos declarou não prescrever suplemento vitamínico com flúor porque a água é fluoretada e há risco de fluorose. Essa justificativa foi mencionada pela maioria dos pediatras (74,4%) para o fato do flúor não ser necessário nos suplementos vitamínicos. Das entidades médicas pesquisadas (SPSP e APM) obtivemos da SPSP resposta bastante satisfatória no aspecto qualitativo. Das entidades odontológicas pesquisadas (CFO, CRO/SP, ABO-Nacional, APCD e ABOPREV), a maior parte das respostas não se mostrou satisfatória no aspecto qualitativo, exceção feita à APCD. Das instituições públicas (ANVISA, MS, SES/SP e SMS/SP) obtivemos respostas adequadas do ponto de vista qualitativo, ainda que algumas reflexões e questionamentos devam ser feitos. Constatamos que existe uma lacuna quanto ao uso dos suplementos fluorados por não haver uma diretriz oficial que norteie sua utilização no país. A bibliografia médica e leiga pesquisada, de uma forma geral, reconhece e reafirma a ação do flúor na prevenção da cárie. Indica os suplementos fluorados como uma forma alternativa de oferecer flúor, reforçando o conceito da necessidade de incorporação de flúor (efeito pré-eruptivo) para que seu beneficio se manifeste. Considerações finais. Faz-se necessário que o poder público e entidades odontológicas assumam sua responsabilidade na formulação de políticas adequadas e diretrizes claras quanto ao uso dos suplementos fluorados no país, prevenindo o agravamento de problemas e assegurando o bem-estar da população. O diálogo e a troca de informações entre profissionais da saúde envolvidos e sociedade permitirá um uso racional e adequado destes produtos.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.05.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Denise Marrone; NARVAI, Paulo Capel. Suplementos fluorados no Município de Sâo Paulo: avaliação da prática clínica de prescritores, das recomendações de formuladores de políticas públicas de saúde e de entidades profissionais. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2004.tde-04062021-185131 >.
    • APA

      Ribeiro, D. M., & Narvai, P. C. (2004). Suplementos fluorados no Município de Sâo Paulo: avaliação da prática clínica de prescritores, das recomendações de formuladores de políticas públicas de saúde e de entidades profissionais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2004.tde-04062021-185131
    • NLM

      Ribeiro DM, Narvai PC. Suplementos fluorados no Município de Sâo Paulo: avaliação da prática clínica de prescritores, das recomendações de formuladores de políticas públicas de saúde e de entidades profissionais [Internet]. 2004 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2004.tde-04062021-185131
    • Vancouver

      Ribeiro DM, Narvai PC. Suplementos fluorados no Município de Sâo Paulo: avaliação da prática clínica de prescritores, das recomendações de formuladores de políticas públicas de saúde e de entidades profissionais [Internet]. 2004 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2004.tde-04062021-185131

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021