Exportar registro bibliográfico

Críticas ao Estado de Bem-Estar Social: individualismo, esclarecimento e emancipação (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: BACHUR, JOAO PAULO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLP
  • Assunto: FILOSOFIA POLÍTICA
  • Language: Português
  • Abstract: O ponto de partida deste estudo é o núcleo conceitual específico da teoria política moderna, composto por alguns conceitos com raízes na filosofia política do século XVIII, tais como "Esclarecimento", "emancipação", "individualismo", "legitimidade", "indivíduo" e "Estado", bem como por conceitos pertencents à teoria política contemporânea, especificamente, "social-democracia" e "Estado de bem-estar". Nesse arcabouço conceitual, a filosofia política moderna se organizou de forma a assegurar legitimidade política ao Estado moderno perante o indivíduo, no contexto do projeto iluminista de emancipação do homem. Nesse contexto, individualismo e liberalismo estavam fundidos. Inspirado pela historiografia conceitual (Koselleck), a legitimidade política se torna então um permanente e insolúvel problema - devido à dialética entre moral e política, o Iluminismo iniciou um processo contínuo de crítica e crise do poder político. Isso significa que as críticas ao Estado de bem-estar e à social-democracia não serão vistas simplesmente no pano de fundo da "crise fiscal", mas como a versão contemporânea da dinâmica aporética da filosofia política moderna, como o ponto culminante do inacabado projeto do Esclarecimento. Nessa perspectiva, a apresentação das críticas à social-democracia e ao Estado de bem-estar mostra como a idéia de individualismo, valor típico do liberalismo clássico, foi reconstruída pela nova direita, de um lado; traduzida e incorporada em uma versãomuito peculiar pela nova esquerda, de outro. Essa discussão, finalmente, recupera a dialética do Esclarecimento e a crise do indivíduo; e permite formular algumas perguntas sobre o futuro da teoria política em relação a seu problema central: legitimidade política e emancipação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.07.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BACHUR, João Paulo; HADDAD, Fernando. Críticas ao Estado de Bem-Estar Social: individualismo, esclarecimento e emancipação. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Bachur, J. P., & Haddad, F. (2004). Críticas ao Estado de Bem-Estar Social: individualismo, esclarecimento e emancipação. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Bachur JP, Haddad F. Críticas ao Estado de Bem-Estar Social: individualismo, esclarecimento e emancipação. 2004 ;
    • Vancouver

      Bachur JP, Haddad F. Críticas ao Estado de Bem-Estar Social: individualismo, esclarecimento e emancipação. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020