Exportar registro bibliográfico

Utilização da ultra-sonografia em cães com suspeitas de neoplasias do sistema digestório (fígado, intestinos e pâncreas) (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: FROES, TILDE RODRIGUES - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: ULTRASSONOGRAFIA; CÃES; NEOPLASIAS
  • Language: Português
  • Abstract: Os objetivos do presente trabalho foram avaliar a acurácia do exame ultra-sonográfico para indicar o órgão abdominal afetado pelo processo neoplásico, determinar as características ultra-sonográficas dos diferentes tipos neoplásicos que acometem o fígado, os intestinos e o pâncreas, bem como analisar a eficácia da ultra-sonografia bidimensional em apontar a malignidade desses processos neoplásicos. A amostra foi constituída por 114 cães com suspeita de processo neoplásico, e a observação compreendeu um período de 12 meses consecutivos. Em 88 desses animais, a presença de neoplasia abdominal foi confirmada. Em 84 (95,4%) cães, a origem da massa foi corretamente classificada, em 3 (3,5%) foi erroneamente classificada e em 1 (1,1%), a massa não foi identificada pelo exame sonográfico. Os tipos cito-histológicos diagnosticados no fígado foram: colangiocarcinoma 6(50%), carcinoma hepatocelular 3(25,1%), tumor de células mesenquimais-hemangiossarcoma 1(8,3%), linfoma de pequenas células 1(8,3%) e cistoadenoma de vias biliares 1(8,3%). No intestino foram identificados adenocarcinoma 2(25%), linfoma 2(25%), leiomiossarcoma 2(25%), tumor de células mesenquimais 1(12,5%) e adenoma de cólon 1(12,5%). No pâncreas foram diagnosticados: adenocarcinoma pancreático 3(75%) e insulinoma 1(25%). Com relação à diferenciação entre tumores hepáticos malignos e benignos pela ultra-sonografia convencional, 11 casos (100%) foram suspeitos de malignidade e confirmados com opadrão-ouro; contudo, parâmetros suspeitos para malignidade também foram observados em um caso de tumor benigno. Ao analisar a ultra-sonografia na suspeita de tumores nos segmentos intestinais para a diferenciação entre tumores e processo inflamatório, 8 (100%) casos suspeitos para processo neoplásico foram confirmados; todavia, parâmetros suspeitos para processos neoplásicos intestinais também foram observados em 3 casos de enterite inflamatória granulomatosa. Ao (continua) ) analisar a ultra-sonografia na suspeita de tumores pancreáticos exócrinos, foi possível identificar e localizar a massa em sua maioria, mas a diferenciação segura entre processo neoplásico e pancreatite crônica não foi possível. Conclui-se que: o exame sonográfico é um bom método de detecção da origem do processo neoplásico abdominal, e que embora não específicos, o achado sonográfico auxilia na determinação da malignidade do processo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.06.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FROES, Tilde Rodrigues; IWASAKI, Masao. Utilização da ultra-sonografia em cães com suspeitas de neoplasias do sistema digestório (fígado, intestinos e pâncreas). 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-29062005-144413/ >.
    • APA

      Froes, T. R., & Iwasaki, M. (2004). Utilização da ultra-sonografia em cães com suspeitas de neoplasias do sistema digestório (fígado, intestinos e pâncreas). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-29062005-144413/
    • NLM

      Froes TR, Iwasaki M. Utilização da ultra-sonografia em cães com suspeitas de neoplasias do sistema digestório (fígado, intestinos e pâncreas) [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-29062005-144413/
    • Vancouver

      Froes TR, Iwasaki M. Utilização da ultra-sonografia em cães com suspeitas de neoplasias do sistema digestório (fígado, intestinos e pâncreas) [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-29062005-144413/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020