Exportar registro bibliográfico

Estudo comparativo da condiçäo periodontal entre gestantes saudáveis e cardiopatas (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: TIMERMAN, LILIA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • Subjects: ENDOCARDITE; CARDIOPATIAS; COMPLICAÇÕES CARDIOVASCULARES NA GRAVIDEZ; DOENÇAS PERIODONTAIS
  • Language: Português
  • Abstract: Introduçäo. O risco de uma gravidez em pacientes cardiopata é alto e requer atençäo multidisciplinar. A Endocardite Infecciosa (EI) é uma morbidade rara que, durante o ciclo gravídico puerperal, eleva a taxa de mortalidade do binômio materno/fetal. A presença de bacteremia bucal pode ocasionar a manifestaçäo da EI por Streptococcus Viridans. Assim, para as cardiopatas com risco de EI, a manutençäo da saúde bucal adquire elevado grau de importrância. Objetivo. O objetivo foi avaliar as condições periodontais em gestantes saudáveis comparadas às das cardiopatas. Casuística e Método. A populaçäo constituiu-se de 37 gestates saudáveis, assistidas no Centro de Saúde Geraldo de Paula Souza (FSPUSP) e 37 gestantes cardiopatas em acompanhamento no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia e Instituto do Coraçäo (INCOR); todas as gestantes foram pré-selecionadas no segundo trimestre de gravidez. A condiçäo periodontal foi avaliada empregando-se índice de sangramento, profundidade clínica de sondagem, nível clínico de inserçäo, grau de morbilidade e comprometimento de furca. Testes de assoicaçäo (Qui-quadrado e Fischer) e razäo de chances (Odds Ratio) foram calculados para avaliar relaçäo entre a presença da doença e variáveis qualitativas. Teste näo paramétrico de Mann-Whitney foi usado para comarar as distribuições de NCI, SS/IS por cento entre doentes e näo doentes; e para comparar as médias de idade materna, idade gestacional e PCS foi usado o testede t-Student. Cada associaçäo foi testada ao nível de significância de 5 por cento. Resultados. Foi analsada a profundidade clínica de sondagem, sendo encontrado valor médio de 1,40mm para gestantes saudáveis e 1,47mm para cardiopatas; quanto ao nível clínico de inserçäo, valor mínimo de 1,09mm e 2,85mm para cardiopatas respectivamente. )Obteve-se um índice de sangramento cujo valoor médio foi de 3,3mm, com desvio padräo de 4,2mm para o grupo de gestantes saudáveis e 1,9mm com desvio padräo 2,3mm para as cardiopatas. Conclusäo. Mesmo realizando com maior rigos e constância avaliações clínicas e obstétrica, no grupo de gestantes cardiopatas, näo constatamos melhorias mensuráveis da condiçäo periodontal, comparado ao das gestantes saudáveis. Dado o baixo conhecimento sobre a importância da saúde bucal em relaçäo à cardiopatia evidencia-se que deve haver maior inter-relaçäo entre a equipe da saúde bucal e a equipe multidisciplinar para disseminaçäo das informações (AU)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.04.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TIMERMAN, Lilia; ANDRADE, Januário de. Estudo comparativo da condiçäo periodontal entre gestantes saudáveis e cardiopatas. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Timerman, L., & Andrade, J. de. (2004). Estudo comparativo da condiçäo periodontal entre gestantes saudáveis e cardiopatas. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Timerman L, Andrade J de. Estudo comparativo da condiçäo periodontal entre gestantes saudáveis e cardiopatas. 2004 ;
    • Vancouver

      Timerman L, Andrade J de. Estudo comparativo da condiçäo periodontal entre gestantes saudáveis e cardiopatas. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020