Exportar registro bibliográfico

Alcalóides purínicos em Theobroma (Malvaceae s.l.): distribuição, quantificação e identificação de genes (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: DAHER, MARIANA CAMPANHOLI - CENA
  • Unidade: CENA
  • Assunto: BIOQUÍMICA VEGETAL
  • Language: Português
  • Abstract: Theobroma cacao (cacaueiro) é a espécie de maior importância econômica de Theobroma, por ser a única fonte de matérias primas fundamentais para indústrias de chocolates, confeitos e cosméticos. A cafeína é largamente conhecida como um composto com características estimulantes e por isso têm papel importante na grande popularidade de bebidas não alcoólicas (café, chá, mate e refrigerantes) e em alimentos, como chocolate. Este estudo propôs uma avaliação sistemática das concentrações dos alcalóides purínicos cafeína, theobromina e teacrina em oito espécies brasileiras de Theobroma (T. grandiflorum, T. subincanum, T. obovatum, T. microcarpum, T. bicolor, T. speciosum, T. sylvestre e T. cacao). Também buscou-se amplificar, clonar e sequênciar fragmentos de genes de enzimas da rota biossintética dos alcalóides purínicos em T. cacao, estimando o número de cópias desses genes presentes no genoma da espécie. Theobroma cacao foi a espécie que apresentou maiores teores de theobromina (9,684 mg g-1) e cafeína (1,514 mg g-1). As demais espécies de theobroma e também uma espécie de Herrania (gênero próximo a Theobroma) apresentaram a teacrina como principal composto. Os teores da teacrina mais altos foram identificados em Herrania sp. (valor) e nas espécies consideradas mais primitivas (T. microcarpum com 1,5 mg g-1, T. subincanum 0,76 mg g-1 e Herrania sp 2,90 mg g-1) sugerindo que esta seja uma característica plesiomórfica do gênero. O fragmento amplificado, clonado esequenciado apresentou identidade de aminoácidos de 57% com o gene que codifica a enzima cafeína sintase em Camellia sinensis (AB031280). O fragmento clonado possui 1046 pb, e comtém dois introns, sendo que a região codificante tem 750 pb. Pela análise de Southern, o genoma de cacao possui aparentemente de 4 a 5 cópias do fragmento sequenciado continua... ) Porém, o fragmento clonado pode representar mais de uma enzima atuante na rota da cafeína, pois estas enzimas apresentam alta homologia entre si em outros sistemas (Coffea e Camellia0. A definição da rota biossintética de alcalóides purínicos em Theobroma cacao é importante para investigar questões ainda pouco esclarecidas sobre o efeito da presença de cafeína, theobromina ou teacrina no cacaueiro, associado a evolução e domesticação da espécie. Além disso, serve para hipotetizar a importância biológicas e/ou ecológicas desses compostos, inclusive a teacrina, representam nas espécies vegetais onde estão presentes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.03.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DAHER, Mariana Campanholi; FIGUEIRA, Antonio Vargas de Oliveira. Alcalóides purínicos em Theobroma (Malvaceae s.l.): distribuição, quantificação e identificação de genes. 2004.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2004.
    • APA

      Daher, M. C., & Figueira, A. V. de O. (2004). Alcalóides purínicos em Theobroma (Malvaceae s.l.): distribuição, quantificação e identificação de genes. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Daher MC, Figueira AV de O. Alcalóides purínicos em Theobroma (Malvaceae s.l.): distribuição, quantificação e identificação de genes. 2004 ;
    • Vancouver

      Daher MC, Figueira AV de O. Alcalóides purínicos em Theobroma (Malvaceae s.l.): distribuição, quantificação e identificação de genes. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021