Exportar registro bibliográfico

Estudo da características cinemáticas e dinâmicas das águas de superfície do Atlântico Sul Ocidental a partir de derivadores rastreados por satélite (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: ASSIREU, ARCILAN TREVENZOLI - IO
  • Unidade: IO
  • Sigla do Departamento: IOF
  • Assunto: CIRCULAÇÃO OCEÂNICA
  • Language: Português
  • Abstract: É apresentado neste trabalho um estudo sobre a circulação oceânica de superfície e sub-superfície no Atlântico Sudoeste, particularmente na costa sudeste-sul do Brasil ('19 GRAUS'S, '38 GRAUS'W a '34 GRAUS'S, '53 GRAUS'W). Um conjunto de dados de derivadores lançados entre 1993 e 1994 e 1996 e 2000 foi utilizado para estimar as variações geográficas do campo de velocidade, energia turbulenta, difusividade e escalas integrais espaciais e temporais na camada de mistura da Corrente do Brasil. Valores típicos de difusividade são 6.0 x '10 POT. 6' - 9.1 x '10 POT. 7' 'cm POT. 2' 's POT. -1', enquanto as escalas integrais temporais e espaciais são 1-5 dias e 19-42 Km, respectivamente. Tanto a energia cinética turbulenta quanto a energia cinética do escoamento médio mostraram tendência de aumento de direção a sul. Comparações do conteúdo energético obtido com a inclusão e a exclusão dos vórtices indica que os meandramentos da corrente são dominantes para os sinais de mesoescala dos derivadores nesta região. O componente anti-simétrico do tensor de difusividade indica que os vórtices ciclônicos são dominantes na região de estudo. Um método de decomposição de velocidade em componente médio e turbulento levando em conta a não homogeneidade do escoamento foi aplicado neste trabalho. Os resultados mostraram que a consideração da homogeneidade em áreas onde as deformações do escoamento não são desprezíveis gera valores superestimados. Para investigar a previsibilidade e oregime de escoamento típico no AtLântico Sudoeste, foram aplicadas técnicas desenvolvidas para análises de sistemas dinâmicos não lineares. As três técnicas utilizadas aqui foram: 1) estimativas de previsibilidade via construção do espaço de fase; 2) método do expoente de escala; 3) método da Análise de Padrões Gradientes (APG). As estimativas de previsibilidade, obtidas apesar das limitações do método, indicam que a partir de aproximadamente 2 dias, ) modelos estocásticos, em complemento aos determinísticos, seriam úteis para descrever a evolução do sistema. A aplicação do método 2 (Expoente de escala) indicou, nas escalas típicas da turbulência (1 e 10 dias), uma natureza fractal para as trajetórias dos derivadores. A análise do espectro de energia indicou que, neste intervalo, existe uma lei de potência. Para investigar a coerência entre as estimativas obtidas a partir de derivadores e correntógrafos, foram aplicadas técnicas baseadas em estatísticas Eulerianas e Lagrangianas. Dados provenientes de um total de 10 derivadores lançados em diferentes épocas do ano e cerca de 450 dias de dados de correntógrafos relativos a profundidades de 30, 58 e 91m foram utilizados. Os dados dos correntógrafos foram segmentados por estações climatológicas (verão, outono, inverno, primavera) e os derivadores foram lançados em épocas tais que possibilitaram análises das variações intra-anuais a partir destes conjuntos de dados. O aumento no nível da energiacinética turbulenta e consequentemente do nível de instabilidade das correntes verificadas por Assireu et al. (2003a) em águas de superfície, pôde ser observado também a partir dos dados dos correntógrafos. Os resultados das análises espectrais deram suporte à idéia de que a entrada de sistemas meteorológicos transfere energia para o sistema de correntes, com este efeito sendo transferido verticalmente ao longo da coluna d'água. A comparação entre os parâmetros cinemáticos do escoamento obtidos a partir dos dados dos correntógrafos e dos derivadores mostraram diferenças significativas, as quais estariam tecnicamente associadas sobretudo à taxa de variação espacial da difusividade e a não verificação da hipótese da turbulência congelada de Taylor para a região de estudo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.10.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ASSIREU, Arcilan Trevenzoli; LORENZZETTI, João Antonio. Estudo da características cinemáticas e dinâmicas das águas de superfície do Atlântico Sul Ocidental a partir de derivadores rastreados por satélite. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, BSP, 2003.
    • APA

      Assireu, A. T., & Lorenzzetti, J. A. (2003). Estudo da características cinemáticas e dinâmicas das águas de superfície do Atlântico Sul Ocidental a partir de derivadores rastreados por satélite. Universidade de São Paulo, São Paulo, BSP.
    • NLM

      Assireu AT, Lorenzzetti JA. Estudo da características cinemáticas e dinâmicas das águas de superfície do Atlântico Sul Ocidental a partir de derivadores rastreados por satélite. 2003 ;
    • Vancouver

      Assireu AT, Lorenzzetti JA. Estudo da características cinemáticas e dinâmicas das águas de superfície do Atlântico Sul Ocidental a partir de derivadores rastreados por satélite. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021