Exportar registro bibliográfico

Adaptabilidade e estabilidade de linhagens experimentais de soja selecionadas para caracteres agronômicos e tolerância a insetos, através de método uni-multivariado com reamostragem (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: MAIA, MARIA CLIDEANA CABRAL - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: BIOMETRIA; REAMOSTRAGEM BOOTSTRAP; GENÓTIPOS (INTERAÇÃO); LINHAGENS VEGETAIS; INSETOS (RESISTÊNCIA); SOJA
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa visou estudar a interação entre genótipos e ambientes (G x E), a adaptabilidade e estabilidade fenotípica, com o auxílio da reamostragem "bootstrap" no modelo biométrico AMMI para avaliação da produtividade de grãos de linhagens experimentais (F10 e F11) de soja. O material envolveu três populações obtidas de um dialelo parcial 4x4 quatro genitores tolerantes a insetos (IAC-100, Crokett, Lamar e D72-9601-1), e quatro cultivares adaptadas (BR-6, IAS-5, Davis, Ocepar-4). Em F2, foram empregados três procedimentos distintos de seleção de plantas individuais: PCI, população formada a partir de plantas F2 obtidas com controle total de insetos; PRIM e PRIS formadas a partir de plantas F2 selecionadas para tolerância a insetos mastigadores e sugadores, respectivamente. De F3 a F11 foi praticada seleção entre progênies para produtividade de grãos e tolerância ao fotoperíodo. Foram conduzidos 24 experimentos delineados em blocos ao acaso com duas repetições subdivididas em conjuntos experimentais com testemunhas comuns, combinando as três populações e oito ambientes. Os ambientes (E1 a E8) combinaram dois locais (Anhembi, Areão), dois anos agrícolas (1999/00, 2000/01) e dois sistemas de manejo (controle intensivo de insetos ou CII e controle ecológico de insetos ou CEI). Os experimentos de 1999/00 e 2000/01 incluíram respectivamente 40 e 20 linhagens de uma população. Com base produtividade de grãos, concluiu-se: nas três populações, existevariabilidade genética remanescente entre as linhagens; o manejo diferenciado (CII vs. CEI) mostrou ser um representante eficiente de ambientes diversos; a variação fenotípica foi explicada em ordem decrescente de magnitude pelos efeitos de: ambientes, interação G x E e genótipos; o método AMMI evidenciou como linhagens F11 estáveis e produtivas 70% da PCI, 65% da PRIS e 55% da PRIM; o local Anhembi destacou-se como de alta produtividade em todas as situações (três populações, dois anos e dois manejos; para as três populações, dentre os ambientes mais produtivos, o método AMMI destacou E1 (Anhembi, 1999/00, CII) como de máxima estabilidade e E6 (Anhembi, 2000/01, CEI) como de máxima instabilidade; f) o método AMMI com reamostragem (bootstrap) mostrou resultados diferentes daqueles observados com AMMI; todos os genótipos foram classificados como estáveis; para as três populações, foram formados quatro grupos de genótipos com diferentes níveis de estabilidade, tendo a soma dos dois grupos de estabilidade mais elevada incluido pelo menos 50% das linhagens e duas das três testemunhas; os dois métodos diferiram principalmente na classificação da estabilidade dos ambientes; o método AMMI com reamostragem destacou o ambiente E8 (Areão, 2000/01, CEI) como de estabilidade máxima e os ambientes E1 (Anhembi, 1999/00, CII) e E3 (Areão, 1999/00, CII) como instáveis; para a capacidade de gerar linhagens superiores em adaptabilidade eestabilidade, sobressaíram-se os genitores IAC-100, D72-9601-1, BR-6, Davis e IAC-5; destaques especiais envolveram os cruzamentos do genitor IAC-100 com IAC-5, Davis, OCEPAR-4 e BR-6
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.04.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAIA, Maria Clideana Cabral; VELLO, Natal Antônio. Adaptabilidade e estabilidade de linhagens experimentais de soja selecionadas para caracteres agronômicos e tolerância a insetos, através de método uni-multivariado com reamostragem. 2004.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2004. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20200111-154633/ >.
    • APA

      Maia, M. C. C., & Vello, N. A. (2004). Adaptabilidade e estabilidade de linhagens experimentais de soja selecionadas para caracteres agronômicos e tolerância a insetos, através de método uni-multivariado com reamostragem. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20200111-154633/
    • NLM

      Maia MCC, Vello NA. Adaptabilidade e estabilidade de linhagens experimentais de soja selecionadas para caracteres agronômicos e tolerância a insetos, através de método uni-multivariado com reamostragem [Internet]. 2004 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20200111-154633/
    • Vancouver

      Maia MCC, Vello NA. Adaptabilidade e estabilidade de linhagens experimentais de soja selecionadas para caracteres agronômicos e tolerância a insetos, através de método uni-multivariado com reamostragem [Internet]. 2004 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20200111-154633/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021