Exportar registro bibliográfico

Avaliação do estoque e composição isotópica do carbono do solo no Acre (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MELO, ANTONIO WILLIAN FLORES DE - ECOLOGIA APLICA
  • Unidades: ECOLOGIA APLICA
  • Sigla do Departamento: LSO
  • Subjects: CARBONO; COBERTURA DO SOLO; COMPOSIÇÃO ISOTÓPICA; FLORESTAS; MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO; PASTAGENS
  • Language: Português
  • Abstract: O estado do Acre está localizado no extremo oeste do Brasil, ocupando uma região que teve grande influência geológica da cordilheira dos Andes. Os solos apresentam características pedológicas bem distintas das encontradas no restante da Amazônia brasileira, predominando Cambissolos, Luvissolos e Argissolos, geralmente eutróficos, jovens e pouco intemperizados. Pouco se sabe sobre o impacto do uso da terra sobre a matéria orgânica nestas condições de solo. Os objetivos foram: Estimar o estoque de carbono das principais classes de solos do Estado do Acre e comparar com estudos feitos para região amazônica. Avaliar o efeito da mudança no uso e cobertura da terra sobre o estoque de carbono e composição isotópica da matéria orgânica em duas condições de solo no Acre. Para alcançar os objetivos o trabalho foi executado em duas escalas, regional e local. No primeiro caso, foram estimados os estoques de carbono até um metro de profundidade, utilizando um mapa de solos na escala 1:1.000.000 e dados analíticos de perfis de levantamentos pedológicos realizados na região. No segundo caso foram determinados a concentração de carbono, d13C e densidade do solo de amostras coletadas em pastagens de 12-15 anos, 20 anos e floresta, nas profundidades de 0-5, 5-10, 10-20, 20-30, 30-40, 50-60, 70-80 e 90-100 cm, em Argissolo (bem drenado) e Luvissolo (mal drenado). Os solos do Acre armazenam em torno de 1 Pg (1Pg=10 15g) de carbono no primeiro metro de profundidade, cerca de 75 %deste valor concentra-se nos primeiros 30 cm. Os solos do Acre apresentam menor concentração de carbono(media 6,5kg m-2)quando comparados com a média dos solos da Amazônia, embora apresentem melhor fertilidade. A principal razão para este resultado é a maior taxa de decomposição da materia orgânica nestes solos devido aos constatrntes ciclos de seca e umedecimento. Estes ciclos estão associados a interação entre o regime pluviométrico e as caracteristicas (principalmente estruura) incipientes destes solos, que fazem com que ocorra um lençol ferático suspenso que oscila no perfil do solo, podendo chegar até a superficie do mesmo. A mudança no uso da terra alterou de maneira distinta os estoques e a dinâmica da matéria organica em arigissolos (bem drenados) e luvissolos (mal drenados). As pastagens sobre luvissolos apresentaram maior estoque de carbono (média de 8,4 kg m-2 ate 1 m de profundidade), entretanto, os dados isotopicos mostraram que a maior parte deste carbono era remanescente da floresta e uma peuena proporção foi introduzida pela pastagem (< 40% na camada 0-5cm da pastagem de 20 anos). O inverso ocorreu com pastagens sobre argissolos que apresentaram menor estoque (media de 6,4 kg m-2 ate 1 m de profundidade) e grande proporção de carbono da pastegm (>70% na camada 0-5 cm da pastagem de 20 anos. Os resultados acima sugerem que: 1) a taxa de decomposição do carbono em luvissolos é menor que em argissolos, e o tempo de residencia da materiaorgânica maior. Os argissolos tendem a perder muito mais carbono com a mudança no uso e cobertuta da terra. 2) a produtividade da pastagem é baixa sobre luvissolos, indicando que alem da fertilidade do solo outras caracteristicas, como estrutura, devem ser consideradas para definição das praticas de manejo que objeetivam a obtenção de melhor desempenho da graminea
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.01.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MELO, Antonio Willian Flores de; CAMARGO, Plínio Barbosa de. Avaliação do estoque e composição isotópica do carbono do solo no Acre. 2004.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-29072004-160525/ >.
    • APA

      Melo, A. W. F. de, & Camargo, P. B. de. (2004). Avaliação do estoque e composição isotópica do carbono do solo no Acre. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-29072004-160525/
    • NLM

      Melo AWF de, Camargo PB de. Avaliação do estoque e composição isotópica do carbono do solo no Acre [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-29072004-160525/
    • Vancouver

      Melo AWF de, Camargo PB de. Avaliação do estoque e composição isotópica do carbono do solo no Acre [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-29072004-160525/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020