Exportar registro bibliográfico

Avaliação morfológica e cinética da hipertrofia/ hiperplasia renal compensatória pós-nefrectomia unilateral em camundongos: alterações da conexina 43 durante o processo (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, PRISCYLA TABOADA DIAS DA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPT
  • Subjects: RIM; HIPERPLASIAS; JUNÇÕES INTERCELULARES; CAMUNDONGOS
  • Language: Português
  • Abstract: A hipertrofia renal compensatória é descrita como um conjunto de mudanças na estrutura e função do nefro associadas a perda de massa renal, estas incluem a hipertrofia e hiperplasia celulares. Neste estudo realizamos nefrectomia unilateral em camundongos BALB/c e nos tempos de 24, 48, 74 horas e 7 e 30 dias pós nefrectomia unilateral estes animais forma sacrificados e seus rins estudados quanto a cinética do processo de hiperplasia e hipertrofia, quantificando o aumento do rim remanescente, q a proliferação celular, avaliando morfologicamente o processo, assim como as alterações da Cx43 durante o mesmo. Como resultados obtivemos aumento de peso relativo renal a partir das 24 horas pós nefrectomia com pico de aumento de peso aos 7 dias mantendo-se estável no decorrer do período. Em relação a contagem total de BrdU observamos que os grupos nefrectomizados em relação ao grupo controle demostraram contagem total maior a partir de 24 horas pós-nefrectomia, com pico de proliferação as 48 horas pós-nefrectomia. Na análise de fração de volume não foram observadas diferenças marcantes no volume ocupado pelas diferentes estruturas histofisilógicas. A imunomarcação para conexina 43 foi evidenciada em citoplasma e membranas citoplasmáticas tubulares e vasculatura, não sendo observada em tufos glomerulares e na cápsula de Bowman. O padrão de distribuição da positividade esteve localizado prepoderantemente em epitélio tubular de região de córtex renalprincipalmente em superficie basal. Em relação a quantidade e intensidade e localização de imunomarcação observamos que os grupos nefrectomizados em relação aos grupo controle não demostram diferença significativa. O Western Blot demostrou ausência de bandas deCx43 foforiladas nos tempos de 24, 48 e 72 horas pós-nefrectomia. Nos tempos de 7 e 30 dias pós nefrectomia evidenciou-se expressão de ambas frações da Cx43 não fosforilada, fosforilada e hiperfosforilada da conexina ) 43. Como era de se esperar a diminuição da foforilação está associada a proliferação celular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.12.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Priscyla Taboada Dias da; DAGLI, Maria Lúcia Zaidan. Avaliação morfológica e cinética da hipertrofia/ hiperplasia renal compensatória pós-nefrectomia unilateral em camundongos: alterações da conexina 43 durante o processo. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Silva, P. T. D. da, & Dagli, M. L. Z. (2003). Avaliação morfológica e cinética da hipertrofia/ hiperplasia renal compensatória pós-nefrectomia unilateral em camundongos: alterações da conexina 43 durante o processo. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Silva PTD da, Dagli MLZ. Avaliação morfológica e cinética da hipertrofia/ hiperplasia renal compensatória pós-nefrectomia unilateral em camundongos: alterações da conexina 43 durante o processo. 2003 ;
    • Vancouver

      Silva PTD da, Dagli MLZ. Avaliação morfológica e cinética da hipertrofia/ hiperplasia renal compensatória pós-nefrectomia unilateral em camundongos: alterações da conexina 43 durante o processo. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021