Exportar registro bibliográfico

Eficácia de diferentes soluções na desinfecção de escovas dentais de crianças de 24 a 48 meses: estudo clínico randomizado (cultura microbiana e MEV e teste de difusão em Ágar (2003)

  • Autor:
  • Autor USP: NELSON FILHO, PAULO - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 807
  • Subjects: ESCOVA DE DENTE (USO;CULTURA;MICROBIOLOGIA); CRIANÇAS; ODONTOLOGIA PREVENTIVA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente estudo foi avaliar, in vivo, a contaminação de escovas dentais por estreptococos do grupo mutans, sob a forma de colônias/biofilmes, após sua utilização por crianças de 24 a 48 meses de idade, e a eficácia de soluções antimicrobianas (Periogard, Brushtox(r) e uma solução experimental, à base de Cosmocil 'CQ POT.â' e Myacide pharma' BP POT. â'), tendo como controle a água de torneira esterilizada, por meio de estudo clínico randomizado (cultura microbiana e microscopia eletrônica de varredura). Também, foi avaliada a antividade antimicrobiana, in vitro, dessas soluções. Utilizando uma tabela de números randômicos, 52 crianças de 24 a 48 meses de idade foram sorteadas, compondo 4 grupos de 13 indivíduos cada. O estudo constou de 4 etapas, com intervalo de uma semana entre cada uma, de forma que todas as soluções fossem utilizadas em todas as etapas, sob a forma de rodízio, por grupos de crianças diferentes. As crianças foram submetidas, em cada etapa, à escovação dental sem dentifrício, por um minuto, realizada por um único profissional. Após o enxágüe das escovas, cada solução foi borrifada (4 vezes) sobre as cerdas, sendo as escovas recolhidas e submetidas ao processamento microbiológico. Os resultados obtidos, quanto às unidades formadoras de colônia (ufc) de estreptococos do grupo mutans, foram submetidos ao teste estatístico de Friedman. O Brushtox(r), o Periogard e a solução experimental reduziram/eliminaram a formação decolônias/biofilmes na superfície das escovas dentais, tendo em vista que essas soluções se comportaram de maneira estatisticamente diferente (P<0,001) da água de torneira esterilizada (controle). No entanto, o Periogard e a solução experimental apresentaram maior eficácia, quando comparadas ao Brushtox(r) (P<0,01). Para avaliar a eficácia das soluções em eliminar a contaminação microbiana utilizou-se o teste de Cochran e o teste dos sinais. Não foi ... verifica da diferença estatisticamente significante entre o Periogard e a solução experimental (P>0,05), sendo os mesmos diferentes do Brushtox(r) e da água de torneira esterilizada (P<0,01), as quais também foram diferentes entre si (P<0,01). As soluções testadas no estudo in vivo foram comparadas, também, em um estudo in vitro com o objetivo de avaliar sua atividade antimicrobiana pelo teste de difusão em ágar, frente a 15 cepas de microrganismos. De acordo com a análise estatística (ANOVA), houve diferença significante entre as soluções (P<0,001). Quando comparadas duas a duas (Teste de Tukey), todas as soluções foram diferentes entre si (p< 0,05), sendo que o Periogard apresentou maior média de halo de inibição, seguido da solução experimental, do Brushtox(r) e da água de torneira esterilizada. Com base nos resultados obtidos, pôde-se concluir que as escovas dentais de crianças de 24 a 48 meses tornaram-se contaminadas por estreptococos do grup mutans, com o desenvolvimento decolônias/biofilmes em todos os casos; após uma única escovação. Embora o Brushtox(r) tenha apresentado melhores resultados que o controle (água de torneira esterilizada), o Periogard e a solução experimental apresentaram maior eficácia em eliminar a formação de colônias/biofilmes de estreptococos do grupo mutans e em tornar as cerdas isentas de microrganismos. Sugere-se que os Odontopediatras recomendem a seus pacientes a desinfecção diária das escovas dentais, após sua utilização, por meio do uso do Periogard ou da solução experimental, sob a forma de spray, como parte do hábito rotineiro de controle mecânico do biofilme dental
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.11.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NELSON FILHO, Paulo. Eficácia de diferentes soluções na desinfecção de escovas dentais de crianças de 24 a 48 meses: estudo clínico randomizado (cultura microbiana e MEV e teste de difusão em Ágar. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Nelson Filho, P. (2003). Eficácia de diferentes soluções na desinfecção de escovas dentais de crianças de 24 a 48 meses: estudo clínico randomizado (cultura microbiana e MEV e teste de difusão em Ágar. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Nelson Filho P. Eficácia de diferentes soluções na desinfecção de escovas dentais de crianças de 24 a 48 meses: estudo clínico randomizado (cultura microbiana e MEV e teste de difusão em Ágar. 2003 ;
    • Vancouver

      Nelson Filho P. Eficácia de diferentes soluções na desinfecção de escovas dentais de crianças de 24 a 48 meses: estudo clínico randomizado (cultura microbiana e MEV e teste de difusão em Ágar. 2003 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020