Exportar registro bibliográfico

Efeito da administração do pIRES-mulL-12 na inflamação em modelo da toxocaríase (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MALHEIRO, ADRIANA - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: ALERGIA E IMUNOLOGIA; CITOCINAS (USO); IMUNOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O uso de citocinas no tratamento de doenças alérgicas e asma têm sido muito estudado nos últimos anos. A IL-12 que tem a capacidade de redirecionar a resposta imune do padrão Th2 para Th1 tem sido o principal alvo destes estudos. No presente trabalho testamos a eficácia do plasmídeo que expressa o gene para as cadeias p35 e p40 da IL-12 (pIRES-muIL-12), na modulação da resposta imune e na inibição do processo inflamatório eosinofílico, assim como, no controle da hiperresponsividade brônquica, no modelo da Síndrome da Larva Migrans Visceral (SLMV). Nossos resultados demonstraram que a vacinação com o pIRES-muIL-12 intradérmico e intramuscular resultou (i) na inibição da eosinofilia sistêmica nos diferentes tempos avaliados, (ii); a injeção. intradérmica com o piRES induziu a produção de citocinas Th1 (IL-12 e IFN-'gama'), mas não inibiu a produção de IL-4 e IL-10, 24 dias após a infecção inibindo a produção de IL-10 somente 48 dias após; (iii) inibiu a produção de IgG1, mas não induziu a produção de IgG2a; (iv) alterou o perfil da população celular no pulmão, induzindo o aumento de LTCD4+ e LTCD8+, mas não NK; (v) não foi eficaz em inibir a hiperresponsividade das vias aéreas. Por outro lado, o pcDNA3 inibiu somente a eosinofilia pulmonar e induziu a produção de IFN-'gama', mas não IL-12. No entanto, foi eficaz em inibir a hiperresponsividade brônquica. Desta forma, podemos concluir que o pIRES-muIL-12 é eficiente em modular a resposta imune do padrão Th2 paraTh1, podendo ser testado em modelos de infecções que requerem a resposta imune Th1 e pode ser utilizado no controle de inflamação eosinofílica. A hiperresponsividade neste modelo parece ser parcialmente independente da eosinofilia observada no pulmão. O mecanismo pelo o qual este plasmídeo atua na hiperresponsividade das vias aéreas precisa ser melhor entendido. A vacinação com pcDNA3 sugere que este plasmídeo possa ser utilizado ... no tratamento de inflamações eosinofílicas das vias aéreas, assim como, na asma
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MALHEIRO, Adriana; FACCIOLI, Lúcia Helena. Efeito da administração do pIRES-mulL-12 na inflamação em modelo da toxocaríase. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Malheiro, A., & Faccioli, L. H. (2003). Efeito da administração do pIRES-mulL-12 na inflamação em modelo da toxocaríase. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Malheiro A, Faccioli LH. Efeito da administração do pIRES-mulL-12 na inflamação em modelo da toxocaríase. 2003 ;
    • Vancouver

      Malheiro A, Faccioli LH. Efeito da administração do pIRES-mulL-12 na inflamação em modelo da toxocaríase. 2003 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020