Exportar registro bibliográfico

Vulnerabilidade à tuberculose em alunos moradores do conjunto Residencial de São Paulo (CRUSP) (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: SANCHEZ, ALBA IDALY MUNOZ - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENS
  • Subjects: TUBERCULOSE (PREVENÇÃO E CONTROLE); ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS
  • Language: Português
  • Abstract: A permanência da tuberculose está intimamente associada às questões sociais. Assim, sendo a tuberculose questão prioritária do campo da Saúde Coletiva, faz-se imperativo analisá-la com óticas distintas das tradicionais. Nessa perspectiva, o presente estudo teve como objetivo identificar aspectos que caracterizam a vulnerabilidade individual e programática à tuberculose, em moradores de um conjunto residencial de uma Universidade, para disponibilizar informações que orientem os serviços de saúde na prestação da assistência. A população do estudo foi conformada por uma amostra estatisticamente significativa representada por 106 alunos, sendo 69,8% de graduação e 30,2% de pós-graduação. A investigação foi conduzida sob o referencial teórico e o marco de interpretação de vulnerabilidade. Os dados foram coletados através de questionário, após consentimento esclarecido dos participantes. No que diz respeito à Vulnerabilidade Individual dos estudantes, os aspectos mais relevantes dizem respeito às condições financeiras e de inserção no trabalho dos pais, a aglomeração nos apartamentos, o uso de drogas, a situação de imigrantes, dentre outros. Apontam-se ainda as dificuldades para acessar o serviço de saúde, como porta de entrada para a identificação oportuna de enfermidades em geral e, particularmente a tuberculose. Além disso, os conhecimentos acerca da tuberculose parecem ser insuficientes, identificando-se, também, concepções e atitudes preconceituosas em relaçãoà doença. Em relação à Vulnerabilidade Programática, verificou-se distanciamento entre as atividades definidas pelo Ministério da Saúde e a operacionalização do Programa de Controle no nível local, reveladas através da taxa limitada de cura e de adesão ao tratamento. Os resultados apontam a necessidade de disponibilizar esforços no que se refere ao grau e à qualidade da informação sobre promoção e prevenção da saúde. É necessário disponibilizar recursos ) cognitivos e materiais, incentivando-se a participação dos alunos nas decisões que dizem respeito ao seu cotidiano junto à Universidade, assim como nas instituições de saúde a que encontram-se adscritos. No que diz respeito à Vulnerabilidade Programática, é necessário a revisão crítica da formulação e execução do Programa de Controle da Tuberculose na busca da detecção precoce e contenção da doença, trabalhando com equipes interdisciplinares e junto aos diversos setores da sociedade, comprometidos no monitoramento do Programa nos diferentes níveis de atenção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MUÑOZ SÁNCHEZ, Alba Idaly; BERTOLOZZI, Maria Rita. Vulnerabilidade à tuberculose em alunos moradores do conjunto Residencial de São Paulo (CRUSP). 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Muñoz Sánchez, A. I., & Bertolozzi, M. R. (2003). Vulnerabilidade à tuberculose em alunos moradores do conjunto Residencial de São Paulo (CRUSP). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Muñoz Sánchez AI, Bertolozzi MR. Vulnerabilidade à tuberculose em alunos moradores do conjunto Residencial de São Paulo (CRUSP). 2003 ;
    • Vancouver

      Muñoz Sánchez AI, Bertolozzi MR. Vulnerabilidade à tuberculose em alunos moradores do conjunto Residencial de São Paulo (CRUSP). 2003 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021