Exportar registro bibliográfico

Estudo das interações entre vanádio e terras raras conjugados ao catalisador zeolítico para craqueamento. (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: BAUGIS, GUINTAR LUCIANO - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: TERRAS RARAS (ESTUDO); LANTANÍDIOS (ESTUDO); POLÍMEROS (QUÍMICA ORGÂNICA)
  • Language: Português
  • Abstract: superfície das micro-esferas. Todas as TR foram encontradas no catalisador desativado no estado de oxidação (m) e o V no estado de oxidação (V). As TR estudadas apresentaram desempenhos ligeiramente diferentes, no que conceme à neutralização do V no sistema e o Y apresenta o melhor desempenho. Propôs-se, para este sistema um mecanismo que relaciona a capacidade de passivação da TR às propriedades termodinâmicas da reação com V.No processo de craqueamento catalítico fluidizado do petróleo (FCC) ocorre o envenenamento do catalisador pelo V presente sob a forma de complexos, que se decompõem na etapa de regeneração resultando espécies que atacam estruturalmente a zeólita - o principal componente do sistema catalítico. O emprego de terras raras (TR) como passivadores do efeito deletério provocado pelo V neste processo é estudado no presente trabalho. Sob condições similares àquelas encontradas no processo de regeneração, trisacetilacetonatos TR foram adicionados ao catalisador para craqueamento na presença de V em proporções estabelecidas. Os resultados da interação entre os componentes deste sistema foram analisados e observou-se que as TR têm razoável capacidade de inibir o ataque do V ao catalisador desativado, preservando parcialmente a conversão catalítica do material. Análises de propriedades texturais, luminescência e DRX indicaram que a inserção de TR por meio de complexos é mais efetiva que por meio de óxidos no método empregado, além de não influenciarem as propriedades originais do catalisador na ausência de V. Os resultados dos ensaios realizados por RPE, EFX, RMN 'ANT POT.51V' e MEV-EED revelaram que a capacidade demonstrada pelas TR em neutralizar o V está associada à formação de 'TRV0 IND.4' termo-quimicamente estáveis nas condições estudadas. Em virtude da reduzida capacidade de permeação das TR através das partículas do catalisador, a interação ocorre preferencialmente na
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.12.2003
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BAUGIS, Guitar Luciano; OLIVEIRA, Wanda de. Estudo das interações entre vanádio e terras raras conjugados ao catalisador zeolítico para craqueamento.. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46134/tde-21122015-142529/pt-br.php >.
    • APA

      Baugis, G. L., & Oliveira, W. de. (2003). Estudo das interações entre vanádio e terras raras conjugados ao catalisador zeolítico para craqueamento. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46134/tde-21122015-142529/pt-br.php
    • NLM

      Baugis GL, Oliveira W de. Estudo das interações entre vanádio e terras raras conjugados ao catalisador zeolítico para craqueamento. [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46134/tde-21122015-142529/pt-br.php
    • Vancouver

      Baugis GL, Oliveira W de. Estudo das interações entre vanádio e terras raras conjugados ao catalisador zeolítico para craqueamento. [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46134/tde-21122015-142529/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021