Exportar registro bibliográfico

A vivência da sexualidade em mulheres com quadros de depressão, tratadas com medicamentos antidepressivos e psicoterapia (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: ARAUJO, ALEXANDRE ROMANO DE - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: SEXUALIDADE; PSICOLOGIA DA MULHER
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi o de compreender a vivência da sexualidade em mulheres com quadros de depressão, tratadas com medicamentos antidepressivos e psicoterapia. Participaram do estudo 16 colaboradoras, com idades entre 23 e 62 anos, sendo a droga de escolha o Cloridrato de Paroxetina. Todas as participantes encontravam-se, na época do estudo, sob acompanhamento psiquiátrico e psicológico por no mínimo três meses. Foram realizados dois encontros com cada colaboradora, na instituição em que o tratamento era desenvolvido. No primeiro encontro, os perfis de cada colaboradora foram levantados no questionário estruturado pelo pesquisador; para caracterizar os níveis de depressão foi utitizado o Beck Depression Inventory e os possíveis efeitos colaterais foram obtidos por meio de uma tabela de reações adversas. Buscando uma maior compreensão da influência da depressão sobre a sexualidade, optou-se por uma pesquisa de caráter qualitativo, utilizando-se a metodologia fenomenológica, viabilizada através do segundo encontro. Neste, foram levantados os sentidos e significados das colaboradoras a respeito do tema central da pesquisa, com a seguinte pergunta: "Como tem sido a vivência da sua sexualidade, uma vez com depressão e realizando tratamento medicamentoso e psicoterápico?" As descrições foram analisadas por meio da redução fenomenológica. As unidades de significação obtidas foram agrupadas em três categorias, considerando-se os aspectos convergentes e divergentesentre elas. Foram apresentadas as seguintes categorias: "A vivência da sexualidade em mulheres com depressão", "A vivência da sexualidade em mulheres medicadas com antidepressivos" e "A vivência da sexualidade em mulheres com depressão e acompanhadas em psicoterapia". As categorias obtidas posteriormente foram analisadas à luz da teoria de Karl Jaspers. O método fenomenológico, conforme utilizado ao longo da pesquisa, proporcionou um contato ... diferenciado com cada colaboradora, possibilitando ao pesquisador uma compreensão mais enriquecedora e ampliada do fenômeno estudado. Fruto das análises interpretativas realizadas nesta pesquisa, percebeu-se que a depressão atinge diretamente a qualidade das vivências da sexualidade da mulher, ocasionando diversos sintomas, tais como sensação de resignação frente ao ato sexual, comportamentos autopunitivos, diminuição e/ou término do desejo sexual, decréscimo do potencial orgástico ou anorgasmia. A depressão por vezes foi causa e por vezes conseqüência de uma disfunção sexual. Grande parte das colaboradoras sentiu reações adversas à droga de escolha, o Cloridrato de Paroxetina, apresentando disfunções sexuais secundárias provocadas pelos efeitos colaterais do antidepressivo. Entre as alterações significativas percebidas, após o fármaco ser ministrado, destacam-se a diminuição e / ou término do desejo sexual e a diminuição do potencial orgástico ou anorgasmia. O acompanhamento psicológico trouxebenefícios, quando considerou as dificuldades de adaptação ao medicamento, bem como quando favoreceu uma possibilidade de ampliação da consciência das colaboradoras acerca da depressão e das vivências da sexualidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.10.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARAÚJO, Alexandre Romano de; BRUNS, Maria Alves de Toledo. A vivência da sexualidade em mulheres com quadros de depressão, tratadas com medicamentos antidepressivos e psicoterapia. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Araújo, A. R. de, & Bruns, M. A. de T. (2003). A vivência da sexualidade em mulheres com quadros de depressão, tratadas com medicamentos antidepressivos e psicoterapia. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Araújo AR de, Bruns MA de T. A vivência da sexualidade em mulheres com quadros de depressão, tratadas com medicamentos antidepressivos e psicoterapia. 2003 ;
    • Vancouver

      Araújo AR de, Bruns MA de T. A vivência da sexualidade em mulheres com quadros de depressão, tratadas com medicamentos antidepressivos e psicoterapia. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021