Exportar registro bibliográfico

Ensaio mecânico de fixações de osteotomia subtrocantérica valgizante: estudo em fêmures de suínos (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: BATISTA, LELIO CARLI - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: OSTEOTOMIA (EXPERIMENTAÇÃO); PROCEDIMENTOS ORTOPÉDICOS
  • Language: Português
  • Abstract: As osteotomias valgizantes do fêmur proximal são procedimentos freqüentes no quadril da criança e têm na coxa vara uma das suas mais importantes indicações. A multiplicidade de técnicas propostas é reflexo das dificuldades em se obter fixações suficientemente estáveis e que possam ser utilizadas em crianças de baixa idade. O objetivo desse estudo experimental foi testar a estabilidade mecânica de fixações de osteotomias valgizantes do fêmur proximal fixadas segundo as técnicas de Pauwels-Weber e de Pauwels- Weber-Wagner. Essas técnicas utilizam apenas fios de Kirschner e fios de aço flexível. Foram utilizados 50 fêmures de suínos que foram osteotomizados na região subtrocantérica e fixados pelas técnicas de Pauwels-Weber, de Pauwels-Weber-Wagner e de Pauwels-Weber-Wagner modificada. Os espécimes foram submetidos a testes mecânicos de torção e de compressão na máquina universal de ensaios mecânicos do Laboratório de Bioengenharia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Nos ensaios de torção os parâmetros utilizados para a comparação entre as montagens foram a rigidez torcional relativa e o torque para o deslocamento angular de 20 graus. Nos ensaios de compressão os parâmetros utilizados foram a rigidez relativa até a aplicação da força de 1000N e o deslocamento linear ocorrido nesta situação. Os resultados dos ensaios de torção mostraram que a fixação de Pauwels-Weber-Wagner modificada, em relação ao parâmetro rigideztorcional relativa, foi 116% mais estável do que as outras duas fixações que se equivaleram. Considerando o torque para o deslocamento angular de 20°, a fixação de Pauwels-Weber-Wagner modificada foi 105% mais estável do que a fixação de Pauwels-Weber e 67% mais estável do que a fixação de Pauwels-Weber-Wagner. Nos ensaios de compressão afixação de Pauwels-Weber-Wagner modificada, em relação ao parâmetro rigidez relativa até a aplicação da força de (continuaa)... (continuação) 1000N, foi 73% mais estável do que a fixação de Pauwels-Weber. Quanto ao parâmetro deslocamento linear ocorrido com a aplicação dessa força a fixação de Pauwels-Weber-Wagner modificada foi 68% mais estável do que a fixação de Pauwels-Weber. Concluiu-se que, nos ensaios de torção, a fixação com a técnica de Pauwels-Weber-Wagner modificada mostrou-se significativamente mais estável do que a fixação com a técnica de Pauwels-Weber e com a de Pauwels-Weber-Wagner. Nos ensaios de compressão, a fixação com a técnica de Pauwels-Weber-Wagner modificada mostrou-se consideravelmente mais estável quando comparada à fixação com a técnica de Pauwels-Weber
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.10.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BATISTA, Lélio Carli; VOLPON, José Batista. Ensaio mecânico de fixações de osteotomia subtrocantérica valgizante: estudo em fêmures de suínos. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Batista, L. C., & Volpon, J. B. (2003). Ensaio mecânico de fixações de osteotomia subtrocantérica valgizante: estudo em fêmures de suínos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Batista LC, Volpon JB. Ensaio mecânico de fixações de osteotomia subtrocantérica valgizante: estudo em fêmures de suínos. 2003 ;
    • Vancouver

      Batista LC, Volpon JB. Ensaio mecânico de fixações de osteotomia subtrocantérica valgizante: estudo em fêmures de suínos. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021