Exportar registro bibliográfico

Seqüências diárias de atividades e cadeias de viagens na Região Metropolitana de São Paulo: uma investigação comparativa do período de 1987-1997 (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: VESPUCCI, KATIA MOHERDAUI - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PTR
  • Assunto: PLANEJAMENTO DE TRANSPORTES
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação trata das seqüências diárias de atividades empreendidas por indivíduos em área urbana e dos conjuntos de viagens encadeadas que aquelas atividades suscitam. Tem como base amostras das Pesquisas Domiciliares de Origem e Destino realizadas em 1987 e 1997 na Região Metropolitana de São Paulo (OD-87 e OD-97). Explora-se a hipótese de que o conjunto de seqüências diárias pode ser agrupado e descrito em um número limitado de famílias de seqüências, uma vez que indivíduos com as mesmas motivações e restrições tendem a produzir padrões de atividades/viagens similares. O estudo revela que 43.007 seqüências diárias tomadas da OD-87 e 40.885 da OD-97, cada uma correspondendo a um indivíduo adulto das amostras consideradas, podem ser agrupadas em, respectivamente, 20 e 25 famílias de seqüências relativamente similares, que representam cerca de 80% do total de seqüências estudadas. O agrupamento das seqüências em famílias se efetuou pela aplicação de critérios próprios e do emprego de um índice de similaridade desenvolvido para esta finalidade, considerando a agenda de atividades e sua programação. Outro fato que merece consideração é o de que, apesar do intervalo de tempo entre as pesquisas - dez anos -, não houve alteração significativa ou estrutural na forma como os indivíduos organizam e realizam suas atividades diárias, mas podem ser constadas tendências de mudanças. Estas estão refletidas, principalmente, na maior diversidade da composição das seqüências(agenda e programação das atividades); na maior aproximação entre os comportamentos de homens ou mulheres ao realizar as atividades (horários, natureza das atividades, modos de viagens); no menor número de realizações da atividade trabalho e no aumento das seqüências relacionadas a atividades de manutenção; no maior uso do modo auto; e, finalmente, nas alterações de horários, para mais cedo, de início de realização das atividades. ) Pela metodologia empregada e pelos resultados obtidos, esta dissertação constitui um ponto de partida para investigações mais complexas sobre os deslocamentos dos indivíduos nas cidades brasileiras
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.09.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VESPUCCI, Katia Moherdaui; STRAMBI, Orlando. Seqüências diárias de atividades e cadeias de viagens na Região Metropolitana de São Paulo: uma investigação comparativa do período de 1987-1997. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Vespucci, K. M., & Strambi, O. (2003). Seqüências diárias de atividades e cadeias de viagens na Região Metropolitana de São Paulo: uma investigação comparativa do período de 1987-1997. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Vespucci KM, Strambi O. Seqüências diárias de atividades e cadeias de viagens na Região Metropolitana de São Paulo: uma investigação comparativa do período de 1987-1997. 2003 ;
    • Vancouver

      Vespucci KM, Strambi O. Seqüências diárias de atividades e cadeias de viagens na Região Metropolitana de São Paulo: uma investigação comparativa do período de 1987-1997. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021