Exportar registro bibliográfico

Mato Grosso (1800-1840): crise e estagnação do projeto colonial (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated author: GARCIA, ROMYR CONDE - FFLCH
  • School: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Subjects: HISTÓRIA ECONÔMICA; HISTORIOGRAFIA; COMÉRCIO; AGRICULTURA; PECUÁRIA
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese procura estudar a economia e sociedade da província de Mato Grosso no período 1800 - 1840. Ela tenta localizar o momento decisivo em que a crise da mineração se abateu sobre a sociedade mato-grossense e as conseqüências por ela ocasionadas na economia local e na política do período de Independência do Brasil. Procura, também, desenvolver uma crítica à historiografia então vigente, a qual defenderia que, naquele período, houvera um reordenamento da economia provincial, sem qualquer traço de estagnação ou decadência econômica. De fato, a partir do final do século XVIII, ocorreram fortes flutuações na economia mato-grossense, caracterizando o período como de estagnação. A intervenção do Império, através de recursos externos, estabilizou a economia província
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.11.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GARCIA, Romyr Conde; BARBOSA, Wilson do Nascimento. Mato Grosso (1800-1840): crise e estagnação do projeto colonial. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Garcia, R. C., & Barbosa, W. do N. (2003). Mato Grosso (1800-1840): crise e estagnação do projeto colonial. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Garcia RC, Barbosa W do N. Mato Grosso (1800-1840): crise e estagnação do projeto colonial. 2003 ;
    • Vancouver

      Garcia RC, Barbosa W do N. Mato Grosso (1800-1840): crise e estagnação do projeto colonial. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022