Exportar registro bibliográfico

Pesquisa de mutações mitocondriais associadas à deficiência auditiva (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, RONALDO SERAFIM ABREU - IB
  • Unidades: IB
  • Sigla do Departamento: BIO
  • Subjects: DEFICIENTE AUDITIVO; MUTAÇÃO GENÉTICA
  • Language: Português
  • Abstract: No Brasil, foi estimado que as causas hereditárias podem explicar cerca de 16% dos casos de deficiência auditiva não-sindromica. A deficiência auditiva pode ter herança autossômica dominante, herança autossômica recessiva ou ligada ao cromossomo X. Vários autores relataram casos com herança mitocondrial, mas não há uma estimativa precisa da contribuição desse padrão de herança para a deficiência auditiva hereditária. as principais mutações no DNA mitocondrial que já foram associadas à deficiência auditiva são A1555G, no gene do RNAr 12 S, também associada ao aumento da susceptibilidade à ototoxicidade dos antibióticos aminoglicosídeos e as mutações A7445G, T7510C, T7511C e 7472insC no gene do 'RNAt IND.Ser(UCN)'. Com o objetivo de estimar a freqüência dessas mutações estudamos uma amostra de 203 indivíduos deficientes auditivos, sem diagnóstico de síndrome conhecida. Testamos a presença da mutação A1555G por meio da PCR seguida de digestão com a enzima de restrição Hae III. Inicialmente, as mutações no gene do 'RNAt IND.Ser(UCN)' (A7445G, T5710C e T7511C) também foram pesquisadas pela PCR seguida de digestão com enzimas de restrição. Posteriormente, optou-se pelo seqüenciamento da região do DNA mitocondrial que contém esse gene, que abrange os nucleotídeos de números 7392 a 7608. Na amostra estudada de 203 deficientes auditivos não ocorreram as mutações A7445G, T7510C e 7472insC. Detectamos uma portadora da mutação G7444A (0,5% dos casos) que apresentava, além dasurdez, outros sinais como cardiopatia congênita, baixo peso, orelhas em abano e de implantação baixa, face triangular, hipoplasia da porção mediana da face, inclinação antimongolóide das fissuras palpebrais, micrognatia, palato alto e estreito, extremidades dos membros delicadas e alongadas. A mutação A1555G ocorreu em 4 propósitos (2%). Observou-se que a mutação A1555G ocorreu em cerca de 5% dos casos de deficiência auditiva familiais, 1% dos casos isolados, 2% dos casos de surdez pré-lingual, 2% dos casos de surdez pós-lingual e em 4% dos casos estacionários. Identificamos na nossa casuística as substituições T1291C e A7569G ainda não descritas. Estudamos uma amostra controle constituída por 275 indivíduos ouvintes, dos quais 110 foram classificados como brancos e 165 foram calssificados como pardos ou negros. Encontramos, no grupo dos indivíduos pardos ou negros, dois portadores da alteração T1291C e dois portadores da alteração A7569G. Portanto, essas duas alteraçãoes são provavelmente polimorfismo de populações africanas em virtude de sua ocorrência em mais de 1% dos controle classificados como pardos ou negros. Os testes realizados nos indivíduos controle também permitiam detectar as mutações A1555G e T7510C. Pudemos, portanto, observar que essas mutações não ocorreram em nossa amostra controle total de 275 pessoas ouvinte. Nossos resultados sugerem que a triagem da mutação A1555G é adequada como parte de rotina da investigaçãomolecular da deficiência auditiva, dado que ocorreu em 2% da nossa casuística. As mutações A7445G, T7510C, T7511C e 7472insC no gene mitocondrial do 'RNAt IND.Ser(UCN)' não ocorreram na nossa amostra. Esse resultado sugere que essas mutações devem ser testadas somente nos casos com padrão sugestivo de herança mitocondrial nos quais a mutação A1555G já tenha sido descartada ou com sinais ou sintomas sugestivos da presença dessas mutações. A mutação G7444A já ocorreu anteriormente associada a deficência auditiva e aparentemente não ocorre entre controles ouvintes. São necessários mais estudos quanto à freqüência da mutação G7444A em populações de surdos e ouvintes para confirmar sua associação com a deficiência auditiva e melhor caracterizar o quadro clínico associado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.09.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Ronaldo Seragim Abreu; MINGRONI-NETTO, Regina Célia. Pesquisa de mutações mitocondriais associadas à deficiência auditiva. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Silva, R. S. A., & Mingroni-Netto, R. C. (2003). Pesquisa de mutações mitocondriais associadas à deficiência auditiva. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Silva RSA, Mingroni-Netto RC. Pesquisa de mutações mitocondriais associadas à deficiência auditiva. 2003 ;
    • Vancouver

      Silva RSA, Mingroni-Netto RC. Pesquisa de mutações mitocondriais associadas à deficiência auditiva. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020