Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Epidemiologia das leishmanioses no sul do Estado de Minas Gerais, Brasil: aspectos referentes à transmissão vetorial (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae) (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: LOIOLA, CARLOS FREDERICO - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • DOI: 10.11606/T.6.2003.tde-03122020-135527
  • Subjects: ECOLOGIA DE VETORES; INSETOS VETORES; ENTOMOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Além das pesquisas entomológicas foi realizada uma análise do Coeficiente de Incidência Acumulada de 128 municípios pertencentes aos Regionais de Saúde, componentes da região Sul do Estado de Minas Gerais. Dentre as espécies capturadas destaca-se a presença, pela primeira vez na região, da Lutzomyia longipalpis. Outro fato é o encontro em simpatria, das espécies Ny. intermedia e Ny. neivai. Os resultados das capturas em Caldas foram negativos, corroborando com a inexistência de casos de leishmanioses neste município. Possivelmente, a ausência de flebotomíneos em Caldas esteja relacionada ao solo vulcânico da área onde se insere o município, levando a interferências no desenvolvimento das formas imaturas. Por fim, este estudo possibilitou a caracterização da distribuição das espécies e de vários outros aspectos ecológicos da fauna na região, bem como de seus possíveis papéis como vetores no sul de Minas, frente aos Coeficientes de Incidência obtidos.O conhecimento da fauna flebotomínica é um importância fundamental para a compreensão da epidemiologia das Leishmanioses, pois, entre os fatores determinantes dessas zoonoses, encontra-se a interação deste grupo com os seus agentes etiológicos, com o ambiente e com os reservatórios silvestres e domésticos. Com o objetivo de se identificar a fauna destes dípteros hematófagos no sul do Estado de Minas Gerais, selecionou-se quatro municípios (Caldas, Conceição da Aparecida, Jacutinga e Machado) com incidência conhecida e posicionados em diferentes pontos em relação à Serra da Mantiqueira. Nestes foram realizadas as pesquisas entomológicas, que objetivaram, dentre outros, determinar a presença das espécies, frente aos casos humanos das enfermidades, com exceção do município de Caldas, onde não foi notificado nenhum caso de Leishmaniose, até a presente data. Outros objetivos foram relacionados ao estudo da ecologia das populações flebotomínicas amestradas e tentativa de relacionar aspectos comportamentais da mesma com os fatores climáticos e áreas de ocorrência da leishmaniose tegumentar. A pesquisa foi realizada em 18 meses, com capturas mensais nos quatro municípios, em ambiente domiciliar e extradomiciliar com armadilhas automáticas luminosas tipo CDC e a armadilha de Shannon. Como resultado foi capturado um total de 1.949 flebotomíneos, distribuídos em vinte espécies sendo elas: Nyssomyia whitmani; Nyssomyia intermedia; Nyssomyia neivai; Pintomyia monticola; Pintomyia fischeri; Pintomyia bianchigalatiae; Pintomyia misionensis; Psathyromyia brasiliensis; Psathyromyia aragaoi; Migonemyia migonei; Evandromyia lenti; Evandromyia sallesi; Evandromyia termitophila; Psychodopygus lloydi; Psychodopygus davisi; Lutzomyia longipalpis; Brumptomyia brumpti; Brumptomyia cardosoi; Brumptomyia nitzulescui; e Brumptomyia sp.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.10.2003
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2003.tde-03122020-135527 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOIOLA, Carlos Frederico; GALATI, Eunice Aparecida Bianchi. Epidemiologia das leishmanioses no sul do Estado de Minas Gerais, Brasil: aspectos referentes à transmissão vetorial (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae). 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2003.tde-03122020-135527 > DOI: 10.11606/T.6.2003.tde-03122020-135527.
    • APA

      Loiola, C. F., & Galati, E. A. B. (2003). Epidemiologia das leishmanioses no sul do Estado de Minas Gerais, Brasil: aspectos referentes à transmissão vetorial (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2003.tde-03122020-135527
    • NLM

      Loiola CF, Galati EAB. Epidemiologia das leishmanioses no sul do Estado de Minas Gerais, Brasil: aspectos referentes à transmissão vetorial (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae) [Internet]. 2003 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2003.tde-03122020-135527
    • Vancouver

      Loiola CF, Galati EAB. Epidemiologia das leishmanioses no sul do Estado de Minas Gerais, Brasil: aspectos referentes à transmissão vetorial (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae) [Internet]. 2003 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2003.tde-03122020-135527

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021