Exportar registro bibliográfico

Aplicabilidade da escala Alberta em lactentes de risco social (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: MELLO, EDUARDO QUEIROZ DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSM
  • Subjects: DESENVOLVIMENTO INFANTIL; BEM-ESTAR DA CRIANÇA; FATORES DE RISCO
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo. Verificar a aplicabilidade da Escala Alberta de Desenvolvimento Motor (AIMS) em bebês com menos de dezoito meses de vida do Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis (PECP). Material e método.Trata-se de um estudo observacional, tipo transversal. Avalia-se, o desenvolvimento motor de 71 lactentes com até 18 meses de idade, atendidos pelo PECP. Os lactentes foram selecionados pelo baixo riscobiológico ao nascer e por não apresentarem, ao exame clínico neonatal outras patologias associadas. Além da aplicação da AIMS, foi aplicado um formulário para a coleta de informações sobre a criança e suafamília. Os dados coletados foram utilizados para composição de um banco de dados, utilizando-se os programas computacionais MICROSOFT EXCEL", EPIINFO 2002", SPSS 11.0", e CURVEEXPERT 1.37". Em um primeiromomento, analisa-se descritivamente a população estudada. Além da descrição da amostra, caracteriza-se os bebês segundo escores brutos obtidos de acordo com a AIMS, idade e sexo e segundo percentil AIMS.Posteriormente construiu-se curvas percentilares dos escores brutos, estimados por equações de regressão, a partir do agrupamento dos lactentes em trimestres de idade. Finalmente compara-se) estatisticamente os valores atribuídos aos lactentes do estudo com os propostos pela AIMS. Resultados. A população em estudo mostrou-se proveniente de estrato social de alta vulnerabilidade por meio de um conjunto de indicadores (11,3 por cento casasde madeira, 38 por cento piso de cimento ou terra, 38,1 por cento com 2 ou mais moradores por cômodo, 45 por cento com 5 a 9 moradores pordomicílio). Nas comparações dos valores médios dos escores brutos entre os bebês examinados e os da AIMS pode-se verificar que não houve diferenças estatísticas para os grupos etários definidos. As comparações entre as médias das crianças do PEC e da AIMS, mostram que é possível admitir a variabilidade verificada das crianças do PEC como parte do conjunto proposto pelo referencial. Conclusão. Não há diferençasestatisticamente significativas entre os valores observados para os diferentes percentis de desenvolvimento motor das crianças que freqüentam o PECP e os percentis equivalentes das crianças canadenses propostos pelo referencial AIMS. Também não se encontrou evidências de que a vulnerabilidade das crianças avaliadas tenha interferido no desenvolvimento motor até os 18 meses de idade. ) Finalmente a AIMS mostrou-se um instrumento de fácil aplicação no âmbito ambulatorial. (AU)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.09.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MELLO, Eduardo Queiroz de; GALLO, Paulo Rogério. Aplicabilidade da escala Alberta em lactentes de risco social. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Mello, E. Q. de, & Gallo, P. R. (2003). Aplicabilidade da escala Alberta em lactentes de risco social. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Mello EQ de, Gallo PR. Aplicabilidade da escala Alberta em lactentes de risco social. 2003 ;
    • Vancouver

      Mello EQ de, Gallo PR. Aplicabilidade da escala Alberta em lactentes de risco social. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021