Exportar registro bibliográfico

Estudo teórico da relação estrutura-atividade (SAR) de compostos falvonóides com atividade anti-HIV (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: CARVALHO, ROBERTO BARBOSA - IQSC
  • Unidade: IQSC
  • Subjects: FÍSICO-QUÍMICA; FLAVONÓIDES; HIV; ANTIVIRAIS; ANTI-INFLAMATÓRIOS; ANTI-HISTAMÍNICOS H1; ANTIESPASMÓDICOS; QUIMIOMETRIA; QUÍMICA TEÓRICA
  • Language: Português
  • Abstract: Os flavonóides representam um enorme conjunto de compostos derivados dos polifenóis. São pigmentos encontrados em plantas superiores, mas, atualmente, suas propriedades tem sido largamente estudadas pela farmacologia. Entre elas, podem ser citadas: atividades antivirais, antibacterianas, antitumorais, anti-inflamatórias, anti-alérgicas, anti-espasmódicas e anticancerosas. Recentemente, vários compostos flavonóides com atividade anti-HIV (HIV: Human Immunodeficiency Virus - vírus da imunodeficiência humana) foram sintetizados e isolados. É, especificamente, esta a atividade farmacológica de interesse para este trabalho. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que mais de 33 milhões de pessoas em todo o mundo são portadoras do vírus HIV (dados de 1999). Segundo a revista norte-americana Time Magazine, o número de infectados em 1999 passou de 40 milhões. A AIDS (Acquired Immune Deficiency Syndrome - síndrome da imunodeficiência humana, ou SIDA), doença causada pelo HIV, matou em 1999 cerca de 3 milhões de pessoas (OMS) incluindo 500 mil crianças. Dos 33 milhões de contaminados no mundo, 23,3 milhões são africanos de países ao sul do Sahara (mais do dobro de infectados pelo HIV em todo o mundo), a maioria condenada à morte devido à falta de planos eficazes de saúde pública. São 11 africanos infectados pelo vírus a cada minuto. No presente trabalho, procurou-se estabelecer uma relação entre a atividade anti-HIV e a estrutura de 21 compostos flavonóides comatividade anti-HIV. ) Essas propriedades foram calculadas teoricamente a partir de métodos mecânica molecular e métodos de química quântica (semi-empíricos), disponíveis nos programas computacionais MOPAC 5.0, SPARTAN 5.0, HyperChem 4.5 e Chemplus 1.5. Para processar os dados obtidos, foram utilizadas técnicas estatísticas com a finalidade de "separar" os 21 compostos nas duas classes, ativos e inativos, de forma que se pudesse relacionar quais propriedades, dentre as calculadas, estariam ligadas à atividade dos compostos estudados contra o HIV. As técnicas estatísticas de Quimiometria utilizadas foram a Análise de Componentes Principais (PCA: Principal Components Analysis) e Análise Hierárquica de Agrupamentos (HCA: Hierarquical Clusters Analysis)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.10.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Roberto Barbosa; SILVA, Alberico Borges Ferreira da. Estudo teórico da relação estrutura-atividade (SAR) de compostos falvonóides com atividade anti-HIV. 2001.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2001.
    • APA

      Carvalho, R. B., & Silva, A. B. F. da. (2001). Estudo teórico da relação estrutura-atividade (SAR) de compostos falvonóides com atividade anti-HIV. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Carvalho RB, Silva ABF da. Estudo teórico da relação estrutura-atividade (SAR) de compostos falvonóides com atividade anti-HIV. 2001 ;
    • Vancouver

      Carvalho RB, Silva ABF da. Estudo teórico da relação estrutura-atividade (SAR) de compostos falvonóides com atividade anti-HIV. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020