Exportar registro bibliográfico

Relação entre mecanismos de governança corporativa e medidas de performance econômica das empresas brasileiras integrantes do Índice Brasil da Bolsa da Valores de São Paulo (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: ROZO, JOSE DANUBIO - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAC
  • Subjects: CONTABILIDADE; GOVERNANÇA CORPORATIVA
  • Language: Português
  • Abstract: Até cerca de vinte anos, o termo Corporate Governance (Governança Corporativa) não existia na língua inglesa. Os códigos de boas práticas de Governança Corporativa começaram a surgir no início dos anos noventa na Inglaterra, nos Estados Unidos e Canadá, em resposta ao desempenho insatisfatório de companhias líderes, percebido como uma deficiência de efetividade dos conselhos de administração, e em resposta às pressões exercidas pelos investidores institucionais. No Brasil, o termo Governança Corporativa é ainda mais recente, mas já começa a ser preocupação e a merecer atenção dos pesquisadores, Bolsa de Valores e associações. Este estudo objetiva identificar possíveis relações entre variáveis independentes, representativas de mecanismos de Governança Corporativa, e medidas de performance econômica de empresas integrantes do Índice Brasil - IBX da Bolsa de Valores de São Paulo - BOVESPA, com dados do período de 1997 a 2001. Utilizando a técnica estatística de dados em painel, modelo de componentes de erros, trabalha-se 16 variáveis independentes representando os mecanismos de Governança Corporativa: concentração de propriedade (5 variáveis), características do conselho de administração (3 variáveis), capital volante (1 variável), remuneração da diretoria executiva (2 variáveis), política financeira (3 variáveis), controle interno (1 variável) e mais uma variável de controle representando o tamanho das empresas. Essas variáveis são regredidas contra cada uma dascinco variáveis de medidas de performance econômica estudadas. Tais variáveis mediram o Market Value Added, a razão preço de mercado e valor patrimonial da ação, TOBIN'S Q, rentabilidade sobre o ativo e rentabilidade sobre o patrimônio líquido. Os resultados indicam que a concentração de propriedade, o capital volante, a remuneração da diretoria executiva e a política financeira são relacionadas à performance econômica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.10.2003
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROZO, José Danúbio; CARVALHO, Luiz Nelson Guedes de. Relação entre mecanismos de governança corporativa e medidas de performance econômica das empresas brasileiras integrantes do Índice Brasil da Bolsa da Valores de São Paulo. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-16112014-160006/ >.
    • APA

      Rozo, J. D., & Carvalho, L. N. G. de. (2003). Relação entre mecanismos de governança corporativa e medidas de performance econômica das empresas brasileiras integrantes do Índice Brasil da Bolsa da Valores de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-16112014-160006/
    • NLM

      Rozo JD, Carvalho LNG de. Relação entre mecanismos de governança corporativa e medidas de performance econômica das empresas brasileiras integrantes do Índice Brasil da Bolsa da Valores de São Paulo [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-16112014-160006/
    • Vancouver

      Rozo JD, Carvalho LNG de. Relação entre mecanismos de governança corporativa e medidas de performance econômica das empresas brasileiras integrantes do Índice Brasil da Bolsa da Valores de São Paulo [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-16112014-160006/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021