Exportar registro bibliográfico

As construções existênciais no português medieval: de ser a haver (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, FABRICIO OLIVEIRA DA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: LÍNGUA PORTUGUESA (GRAMÁTICA); LINGUÍSTICA HISTÓRICA
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação explora as construções existenciais, com verbos ser e haver, do português arcaico do século XIV ao XVI. Estuda-se a estrutura sintática destes verbos, ao longo dos séculos, observando-se fatores que possivelmente desencadearam processos de gramaticalização, o que explica a passagem de ser a haver na construção existencial. Defende-se nesta dissertação a idéia de que o século XV foi relevante para a substituição do ser por haver, e que esse fato, justifica-se, entre outros, pela ocorrência dos locativos, aqui analisados em duas categorias: fracos (hi, y, i); fortes (aqui, aí, ali, cá, lá). Verificou-se que os locativos fortes ocorrem nas construções existenciais predominantemente com o verbo ser, ao passo que o fraco com o verbo haver. A presença marcante do locativo hi nas construções existenciais foi vista como um dado importante para se explicar o processo de gramaticalização envolvendo este item e o verbo haver. Assim, analisou-se o locativo como de categoria pronominal, e que, portanto, é o elemento com o qual concorda o verbo haver. A ausência de concordância com o elemento nominal e o predomínio de locativos fracos com o verbo haver são fatores que sustentam a afirmação de que o elemento nominal que acompanha este verbo tem função sintática de objeto direto.Este trabalho contestou a hipótese de que o efeito de definitude é o desencadeador da construção existencial. Optou-se, no entanto, pela hipótese da gramaticalização do locativo hi com overbo haver
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.10.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Fabrício Oliveira da; OLIVEIRA, Marilza de. As construções existênciais no português medieval: de ser a haver. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Silva, F. O. da, & Oliveira, M. de. (2003). As construções existênciais no português medieval: de ser a haver. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Silva FO da, Oliveira M de. As construções existênciais no português medieval: de ser a haver. 2003 ;
    • Vancouver

      Silva FO da, Oliveira M de. As construções existênciais no português medieval: de ser a haver. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021