Exportar registro bibliográfico

Aspectos dos fenômenos de co-articulação no sândi externo no português do Brasil: elisão, ditongação, infecção (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: FREIRE, CLEIDINEIA CRISTINA SAQUETTI SEABRA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLL
  • Subjects: PORTUGUÊS DO BRASIL; FONÉTICA ACÚSTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho de pesquisa tem como objetivo investigar, do ponto de vista das propriedades físicas dos sons, qual fenômeno de co-articulação no sândi externo ocorre no contexto segmental específico do encontro dos sons [ka] e [u] na fronteira de palavras em sílabas átonas. Efetivamente, pretende-se determinar se o fenômeno que ocorre está ligado à elisão, caracterizada pela queda da última vogal [a] da primeira palavra em favor da vogal [u] que inicia a segunda palavra, à ditongação, caracterizada pela preservação do [a] e mudança na qualidade acústica do [u], o que resulta em um comportamento de ditongo [aw], ou à infecção da consoante [k], caracterizada pela transferência para a consoante dos traços articulatórios mais importantes da vogal subseqüente. Neste trabalho são investigadas as posições de fronteira de palavras entre os sintagmas nominal e verbal e entre o grupo substantivo e o grupo adjetivo pertencente ao sintagma nominal. São analisados igualmente os sons [ku] e [kaw] posicionados no interior de palavra, verificando-se também se as diferentes velocidades de fala influenciam esses segmentos, quais sejam, [ka]+[u] nas fronteiras de palavras e [ku] e [kaw] no interior de palavra. Essa análise leva em consideração dois aspectos acústicos dos segmentos: a duração medida em segundos e a freqüência medida em hertz. Para a implementação da análise, foi realizado um estudo experimental com cinco locutores que repetiram dez vezes quatro frasesdiferentes que continham o contexto segmental específico [ka]+[u] na fronteira de palavras e [ku] e [kaw] no interior de palavra, em três velocidades de fala. Foi possível observar, por meio das medidas temporais e de freqüência, a influência que as posições de interior ou fronteira de palavras, assim como as velocidades, têm sobre esses segmentos. Nesse ) sentido, os resultados das análises estatísticas dos dados não só permitem afirmar que as velocidades de fala influenciam os aspectos acústicos dos segmentos investigados, como também suportam a hipótese de existência de infecção da consoante no sândi externo, fenômeno este responsável pela produção de um som cujas características diferem daquelas da vogal [a] do ditongo [aw], quando não ocorre a elisão, ou seja, queda da vogal [a] pertencente à sílaba átona no final de palavra em favor da vogal inicial da palavra seguinte [u]. Este trabalho de pesquisa aborda aspectos acústicos da fala e desta maneira sua contribuição primordial está ligada à compreensão dos fenômenos que ocorrem na fala do ponto de vista fonético. Assim, a aceitação da hipótese abordada permite discutir uma representação fonética mais adequada ao processo de sândi externo fornecendo subsídios para a descrição fonética do português do Brasil
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.09.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FREIRE, Cleidinéia Cristina Saquetti Seabra; PAIS, Cidmar Teodoro. Aspectos dos fenômenos de co-articulação no sândi externo no português do Brasil: elisão, ditongação, infecção. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Freire, C. C. S. S., & Pais, C. T. (2003). Aspectos dos fenômenos de co-articulação no sândi externo no português do Brasil: elisão, ditongação, infecção. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Freire CCSS, Pais CT. Aspectos dos fenômenos de co-articulação no sândi externo no português do Brasil: elisão, ditongação, infecção. 2003 ;
    • Vancouver

      Freire CCSS, Pais CT. Aspectos dos fenômenos de co-articulação no sândi externo no português do Brasil: elisão, ditongação, infecção. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021