Exportar registro bibliográfico

Desinibição GABAérgica do toro semicircular dorsal em Gymnotus carapo: efeitos eletromotores e comportamentais; determinação por técnica de rastreamento, das possíveis vias envolvidas (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: DUARTE, TERENCE TEIXEIRA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Assunto: PEIXES ELÉTRICOS (FISIOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho estudamos os efeitos eletromotores e motores somáticos decorrentes da desinibição GABAérgica do toro semicircular dorsal (TSd) em um peixe elétrico de campo fraco, Gymnotus carapo bem como as possíveis vias envolvidas na expressão destes efeitos, valendo-nos de abordagem funcional e de técnica de rastreamento neuronal bidirecional, usando como traçador a amina de dextrana biotinilada (BDA). A microinjeção do antagonista GABA A bicuculina em camadas profundas do TSd induziu paradas na descarga do órgão elétrico (DOE) cuja intensidade é dose-dependente. Nenhum efeito foi observado pela microinjeção nos mesmos sítios, do agonista muscimol ou de salina. Em outros gimnotiformes já estudados, paradas da DOE resultam da atuação de glutamato em receptores NMDA das células relé do núcleo marcapasso (Pn) rombencefálico. O mecanismo parece ser semelhante em Gymnotus carapo pois observamos paradas da DOE por microinjeção de NMDA na região ventral do Pn onde estão as células relé. Reforçando este achado, observamos que as paradas da DOE decorrentes da microinjeção de bicuculina são bloqueadas pelo pré-tratamento com o antagonista de NMDA, AP-5 microinjetado no Pn. Para determinar o possível caminho envolvido nos efeitos observados, aplicamos o traçador BDA "in vivo" no TSd e observamos fibras varicosas e neurônios marcados no núcleo eletrosensorial (nE), projeção esta confirmada pelo encontro de fibras varicosas e neurônios retrogradamente marcados no TSd emanimais em que o BDA foi injetado naquele núcleo. A microinjeção de bicuculina no TSd induz igualmente uma intensa resposta motora cujos componentes são descritos como característicos do comportamento agonístico. A freqüência de ocorrência destes padrões é função da dose aplicada. A deposição de BDA no TSd mostrou também terminais na formação reticular rombencefálica medial em planos situados na altura do lemnisco lateral. A microinjeção de NMDA .. nesta região induziu uma intensa resposta motora semelhante à observada por desinibição do TSd, sem entretanto a ocorrência de paradas da DOE. O aparecimento de terminais marcados na medula espinhal após injeção de BDA naquela região da formação reticular, e o preenchimento de corpos neuronais nesta após injeção do traçador na porção ventral da medula espinhal, apontam para a possibilidade de serem estes neurônios origem do trato bulboespinhal. Juntando ao dado funcional, podemos supor que os efeitos motores decorrentes da desinibição GABAérgica do TSd decorram da liberação de glutamato que ativa receptores NMDA dos neurônios que compõem o trato bulboespinhal. Considerando que paradas da DOE ocorrem em situações de confronto agonístico e que no caso da desinibição GABAérgica do TSd as paradas se expressam paralelamente a padrões motores de defesa, propomos que a informação eletrosensorial que chega ao TSd espacialmente organizada, procedente do lobo eletrosensorial, seja convertida emrespostas eletromotoras e motoras somáticas ligadas ao comportamento defensivo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.06.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DUARTE, Terence Teixeira; HOFFMANN, Anette. Desinibição GABAérgica do toro semicircular dorsal em Gymnotus carapo: efeitos eletromotores e comportamentais; determinação por técnica de rastreamento, das possíveis vias envolvidas. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Duarte, T. T., & Hoffmann, A. (2003). Desinibição GABAérgica do toro semicircular dorsal em Gymnotus carapo: efeitos eletromotores e comportamentais; determinação por técnica de rastreamento, das possíveis vias envolvidas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Duarte TT, Hoffmann A. Desinibição GABAérgica do toro semicircular dorsal em Gymnotus carapo: efeitos eletromotores e comportamentais; determinação por técnica de rastreamento, das possíveis vias envolvidas. 2003 ;
    • Vancouver

      Duarte TT, Hoffmann A. Desinibição GABAérgica do toro semicircular dorsal em Gymnotus carapo: efeitos eletromotores e comportamentais; determinação por técnica de rastreamento, das possíveis vias envolvidas. 2003 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021