Exportar registro bibliográfico

Regulação histaminérgica por receptores H2 do comportamento defensivo organizado no teto mesencefálico de ratos (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, NELSON RIBEIRO DOS - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: NEUROBIOLOGIA; NEUROPSICOLOGIA (FARMACOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: A estimulação elétrica e química da matéria cinzenta periaquedutal dorsal (MCPd) e colículo inferior (CI) induz respostas características como congelamento e comportamento de fuga, que usualmente são acompanhados de respostas autonômicas e antinocicepção. A histamina parece estar envolvida na regulação de comportamentos defensivos gerados nestas estruturas teto-mesencefálicas. O objetivo deste trabalho consiste em caracterizar o envolvimento dos receptores histaminérgicos, do tipo 'H IND.2' na regulação do comportamento defensivo nestas estruturas em três modelos experimentais: teste do campo aberto, labirinto em cruz elevado e teste de aversão ao lugar. No primeiro experimento, avaliamos os efeitos de rnicroinjeções de histamina (40 nmol), dimaprit (10 nmol) e ranitidina (50 nmol) no teto mesencefálico de ratos. O Dimaprit é um agonista e a ranitidina um antagonista de receptores histaminérgicos do tipo 'H IND.2'. Imediatamente após as injeções os animais foram submetidos ao teste da arena por 60 min. Em grupos independentes de ratos, a histamina e o dimaprit foram injetados 5 min antes das microinjeções de ranitidina tanto na MCPd quanto no Cl. Os resultados mostraram que tanto a histamina quanto o dimaprit não causaram efeitos comportamentais aparentes em nenhuma das estruturas; já as microinjeções de ranitidina induziram intensa ativação comportamental, acompanhada de claros sinais de medo, que foi significativamente inibida pelo dimaprit em ambas as estruturas.Essa inibição foi mais intensa na MCPd. No segundo experimento, nós usamos o teste do labirinto em cruz elevado para avaliar os efeitos de microinjeções de histamina (5-40 nmol), dimaprit (5-10 nmol) e ranitidina (10-30 nmol) tanto na matéria cinzenta periaquedutal quanto no colículo inferior. Enquanto as microinjeções de dimaprit na MCPd não causaram efeitos comportamentais, as de histamina produziram uma redução na atividade exploratória. .. Por outro lado, as microinjeções de ranitidina promoveram intensa resposta aversiva com claros sinais de medo em ambas as estruturas. O congelamento, a categoria comportamental mais evidente após microinjeções de ranitidina, foi bloqueado significativamente tanto pela histamina quanto pelo dimaprit na MCPd. Os efeitos aversivos induzidos pelo bloqueio de receptores 'H IND.2' do teto mesencefálico foi maior na MCPd que no CIo O significado funcional de tais diferenças pode estar provavelmente associado aos papéis distintos dessas estruturas na regulação e expressão do comportamento de defesa. Os resultados com o teste de aversão ao lugar mostraram que tanto o dimaprit quanto a ranitidina não causaram efeitos comportamentais aparentes. Por outro lado, as microinjeções de ranitidina induziram uma redução significativa no tempo despendido no quadrante onde o animal foi confinado durante a ação da droga. Esses achados sugerem que o medo condicionado a estímulos neutros contextuais pode ser conseqüênciado bloqueio de receptores 'H IND.2' na MCPd
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.08.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Nelson Ribeiro dos; BRANDÃO, Marcus Lira. Regulação histaminérgica por receptores H2 do comportamento defensivo organizado no teto mesencefálico de ratos. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Santos, N. R. dos, & Brandão, M. L. (2003). Regulação histaminérgica por receptores H2 do comportamento defensivo organizado no teto mesencefálico de ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Santos NR dos, Brandão ML. Regulação histaminérgica por receptores H2 do comportamento defensivo organizado no teto mesencefálico de ratos. 2003 ;
    • Vancouver

      Santos NR dos, Brandão ML. Regulação histaminérgica por receptores H2 do comportamento defensivo organizado no teto mesencefálico de ratos. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021