Exportar registro bibliográfico

Pesquisas sobre a morfologia da região de transição entre o intestino delgado e o grosso no javali (Sus scrofa, L., 1758) (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated author: VIDOTTI, ANA PAULA - FMVZ
  • School: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: MORFOLOGIA ANIMAL; INTESTINOS; ANATOMIA ANIMAL; ANIMAIS SILVESTRES
  • Language: Português
  • Abstract: Estudamos a morfologia e a musculatura da transição entre os intestinos delgado e grosso de 32 javalis geneticamente selecionados, ambos os sexos e variando em idade entre jovens e adultos. Realizamos o exame macroscópico de todas as peças coletadas, sendo 10 delas separadas para a análise mesoscópica, através da dissecção dos feixes musculares, após imersão em ácido nítrico a 17%. Os resultados foram submetidos ao teste de Wilcoxon ('alfa' '< OU =' 0,05). A terminação do íleo no intestino grosso constituía uma junção íleo-ceco-cólica. O íleo terminal dos javalis apresentou morfologia cilindróide em 100% dos casos. Em todos os casos observamos a eminência ileal em forma papilar - papila ileal (papilla ilealis) - voltada para o intestino grosso, com direção oblíqua. No ápice da papila observamos um óstio central (ostium ileale), relativamente fechado e de forma estrelada (75% dos casos), ou relativamente aberto e de forma ovalada (25%). Apesar de não ter sido possível identificar com precisão os feixes de fibras musculares nos contornos cranial e caudal da papila ileal, devido a delicadeza da túnica muscular e riqueza de tecido conjuntivo, estes contornos estavam constituídos, respectivamente, pelo estrato circular da túnica muscular do cólon ascendente e do ceco. Os feixes de fibras musculares das tênias lateral e medial do ceco se uniam no seu ápice, enquanto os feixes da tênia ventral, terminavam em "leque", aproximadamente 2 cm da confluência dasprimeiras, não se unindo a elas no ápice deste segmento. No contorno cranial da desembocadura do íleo no intestino grosso, feixes organizados em numerosas fitas delgadas mostravam um arranjo particular, semelhante a uma "treliça", sugerindo que a abertura desta poderia contribuir também, para a abertura do óstio ileal. Nossos achados demonstraram diferentes morfologias e funcionamento em relação a outros animais, constituindo mais uma indicação contra a (continua) ) generalização desta região nos mamíferos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.06.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIDOTTI, Ana Paula; DI DIO, Liberato John Alphones. Pesquisas sobre a morfologia da região de transição entre o intestino delgado e o grosso no javali (Sus scrofa, L., 1758). 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Vidotti, A. P., & Di Dio, L. J. A. (2003). Pesquisas sobre a morfologia da região de transição entre o intestino delgado e o grosso no javali (Sus scrofa, L., 1758). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Vidotti AP, Di Dio LJA. Pesquisas sobre a morfologia da região de transição entre o intestino delgado e o grosso no javali (Sus scrofa, L., 1758). 2003 ;
    • Vancouver

      Vidotti AP, Di Dio LJA. Pesquisas sobre a morfologia da região de transição entre o intestino delgado e o grosso no javali (Sus scrofa, L., 1758). 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022