Exportar registro bibliográfico

Geometria e cinemática na região do Baixo Rio Doce entre Aimorés (MG) e Colatina (ES) (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KARNIOL, TIAGO DA ROCHA - IGC
  • Unidades: IGC
  • Sigla do Departamento: GMG
  • Subjects: GEOLOGIA ESTRUTURAL; PETROGRAFIA; CINEMÁTICA; GEOMETRIA
  • Language: Português
  • Abstract: O trend do Cinturão Paraíba ou Faixa/Cinturão apresenta uma inflexão de NE-SW para aproximadamente N-S, a partir da divisa do Rio de Janeiro com o Espírito Santo. Com base nesta mudança, alguns autores incluem este trecho do orógeno na Faixa Araçuaí, ampliando sua concepção original. O presente trabalho visa caracterizar estruturalmente uma seção no Baixo Rio Doce/ES, frente à escassez de dados sistemáticos de lineação de estiramento e mineral e análise geométrica e cinemática neste trecho do orógeno. A região compreende uma associação de granulitos, charnockitos e granitos ricos em granada. Os contatos variam de intrusivos a tectônicos, marcados por zonas de cisalhamento reconhecidas em escala de imagem de satélite ou mapas regionais. A Zona de Cisalhamento Guaçuí sofre uma inflexão de SW-NE para SE-NW, mas as principais estruturas da área associam-se ao sistema Guaçuí. O levantamento de uma seção geológica-estrutural entre Aimorés (MG) e Colatina (ES), permitiu o reconhecimento das principais feições geométricas e cinemáticas. São reconhecidos quatro domínios estruturais (I, II, III e IV), onde a lineação de estiramento e mineral concentra-se no setor NNE-NE do diagrama. A foliação principal mostra duas orientações dominantes: N-S a NW-SE com mergulhos altos a baixos para E e NE, presente em todos os domínios, e NE-SW com mergulhos intermediários/altos para SE e NW, presente nos domínios II e II. No setor W há indicadores cinemáticos compatíveis comum fluxo compressivo para SW e extensional para NE, reconhecido em estruturas mesoscópicas no granulito e no charnockito. O charnockito compõe um corpo batolítico e tem seu contato E marcado por uma zona de cisalhamento de alto ângulo com direção SW-NE. A partir desta zona, na escala de campo, predomina fluxo extensional para NNE-NE. Microscopicamente, são descritos indicadores de movimentação com sentidos opostos. O padrão de eixos-C de quartzo predominante é o de guirlanda cruzada assimétrica do tipo II e o sentido do fluxo é condizente com algumas estruturas mesoscópicas. O padrão das guirlandas obtidas, com concentração de dados nos quatro quadrantes do diagrama a aproximadamente 90°, revela que as rochas foram submetidas a um regime de deformação de alto grau. Este regime aciona a participação do plano prismático [c] além do plano basal <a> nas deformações intracristalinas, gerando diagramas com concentração de dados ao longo do eixo X do elipsóide de deformação finita. Outras evidências microestruturais de alto grau de metamorfismo referem-se a um textura reticular cruzada, padrão de extinção tipo "tabuleiro de xadrez" no quartzo e feições de deformação dúctil em vários minerais, como quartzo, feldspato, cordierita, sillimanita, piroxênio e granada. Considera-se a predominância de movimentos oblíquos e paralelos à faixa no segmento estudado, também descritos em outros trabalhos, em contraste com os movimentos frontais indicados por algunsautores para este domínio. Cabe ressaltar ainda que os dados analisados neste trabalho evidenciam a presença de um quadro cinemático superposto, desenvolvido em regime de deformação dúctil
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.09.2003
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KARNIOL, Tiago da Rocha; MACHADO, Rômulo. Geometria e cinemática na região do Baixo Rio Doce entre Aimorés (MG) e Colatina (ES). 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44134/tde-22102015-161526/pt-br.php >.
    • APA

      Karniol, T. da R., & Machado, R. (2003). Geometria e cinemática na região do Baixo Rio Doce entre Aimorés (MG) e Colatina (ES). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44134/tde-22102015-161526/pt-br.php
    • NLM

      Karniol T da R, Machado R. Geometria e cinemática na região do Baixo Rio Doce entre Aimorés (MG) e Colatina (ES) [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44134/tde-22102015-161526/pt-br.php
    • Vancouver

      Karniol T da R, Machado R. Geometria e cinemática na região do Baixo Rio Doce entre Aimorés (MG) e Colatina (ES) [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44134/tde-22102015-161526/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020