Exportar registro bibliográfico

Efeitos da estimulação elétrica repetitiva da substância cinzenta periaqueductal dorsal sobre o comportamento de ratos submetidos ao modelo experimental de ansiedade do labirinto em T elevado (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: CAMPLESI JUNIOR, MILTON - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Assunto: NEUROPSICOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A substância cinzenta periaqueductal dorsal (SCPD) é uma estrutura mesencefálica que tem sido relacionada à mediação de diferentes reações de defesa. A estimulação elétrica ou química da SCPD evoca respostas comportamentais defensivas do tipo luta e/ou fuga acompanhadas por alterações neurovegetativas. Vários neurotransmissores têm sido relacionados com a modulação da resposta de fuga induzida pela estimulação elétrica da SCPD. Entre estes estão a serotonina (5-HT), o ácido gama-aminobutírico (GABA) e o glutamato. Estes mesmos neurotransmissores na SCPD também estão envolvidos na modulação de outros comportamentos defensivos, como aqueles estudados por modelos animais de ansiedade. O presente estudo teve por objetivo geral verificar os efeitos da indução da resposta de fuga pela estimulação elétrica da SCPD sobre as tarefas de esquiva inibitória e de fuga medidas em ratos submetidos ao labirinto em T elevado (LTE). Estas respostas defensivas têm sido relacionadas, respectivamente, à ansiedade generalizada e ao pânico. Como objetivo específico, o interesse foi verificar o curso temporal do efeito da estimulação elétrica da SCPD sobre as respostas comportamentais medidas no LTE. Além disso, verificar se a indução repetitiva da resposta de fuga pela estimulação elétrica SCPD estrutura era capaz de causar alterações mais pronunciadas e persistentes sobre as respostas comportamentais medidas neste modelo. Os resultados mostram que a indução da resposta de fuga pelaestimulação elétrica da SCPD favoreceu a aquisição da esquiva inibitória no LTE nos animais testados 30 minutos, mas não 5 ou 15 minutos ou 24 horas, após a estimulação desta estrutura. A resposta de fuga do braço aberto do LTE não foi alterada em nenhum dos grupos investigados. Já a indução repetitiva da resposta de fuga pela estimulação elétrica da SCPD (3 sessões com intervalo de 24 horas) não alterou os comportamentos dos animais tanto no .. LTE quanto no labirinto em cruz elevado. O uso de intervalos de tempo mais longos entre as sessões de estimulação elétrica da SCPD (3 dias) não acarretou em alteração no padrão de resposta comportamental no LTE. Estes resultados mostram que a indução da resposta de fuga pela estimulação elétrica da SCPD, apenas facilita a esquiva inibitória nos animais testados no LTE, efeito do tipo ansiogênico. Tal efeito, pode ser o resultado do desencadeamento da ansiedade antecipatória que acompanha os ataques de pânico. Além disso, os dados mostram que a indução repetitiva da resposta de fuga pela estimulação elétrica da SCPD, seguindo os parâmetros do presente estudo, não gera respostas comportamentais mais pronunciadas e persistentes. Este resultado contrasta com o que tem sido relatado (KING, 1999b) após a estimulação repetitiva de uma outra estrutura mesencefálica implicada na mediação de comportamentos do tipo luta/fuga, o colículo superior
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.04.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMPLESI JÚNIOR, Milton; ZANGROSSI JÚNIOR, Hélio. Efeitos da estimulação elétrica repetitiva da substância cinzenta periaqueductal dorsal sobre o comportamento de ratos submetidos ao modelo experimental de ansiedade do labirinto em T elevado. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Camplesi Júnior, M., & Zangrossi Júnior, H. (2003). Efeitos da estimulação elétrica repetitiva da substância cinzenta periaqueductal dorsal sobre o comportamento de ratos submetidos ao modelo experimental de ansiedade do labirinto em T elevado. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Camplesi Júnior M, Zangrossi Júnior H. Efeitos da estimulação elétrica repetitiva da substância cinzenta periaqueductal dorsal sobre o comportamento de ratos submetidos ao modelo experimental de ansiedade do labirinto em T elevado. 2003 ;
    • Vancouver

      Camplesi Júnior M, Zangrossi Júnior H. Efeitos da estimulação elétrica repetitiva da substância cinzenta periaqueductal dorsal sobre o comportamento de ratos submetidos ao modelo experimental de ansiedade do labirinto em T elevado. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021