Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Analysis of p16 gene mutations and deletions in childhood acute lymphoblastic leukemias (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TONE, LUIZ GONZAGA - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • DOI: 10.1590/s1516-31802003000200005
  • Subjects: ONCOLOGIA; PEDIATRIA
  • Language: Inglês
  • Abstract: CONTEXTO: O gene supressor tumoral p16 codifica uma proteína inibidora da quinase ciclina dependente 4(cdk4) que bloqueia a divisão celular na fase G1 do ciclo celular. Alterações neste gene foram relatadas em várias neoplasias, incluindo as leucemias linfoblásticas agudas, principalmente da linhagem T. OBJETIVO: Verificar prováveis alterações do gene p16 em leucemias linfoblásticas agudas em crianças, utilizando o método de reação de polimerase em cadeia - polimorfismo conformacional em fita simples e seqüenciamento direto de nucleotídeos e comparar a sobrevida livre de eventos com a presença ou não de alterações (deleções ou substituições de bases) do gene p16, utilizando o método de Kaplan-Meir e teste log-rank. TIPO DE ESTUDO: Estudo retrospectivo. LOCAL: Departamento de Puericultura e Pediatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. PARTICIPANTES: Foram estudadas 56 crianças (16 do sexo feminino e 40 do masculino) com leucemia aguda com idade média de quatro anos. Quarenta pacientes (71,43%) tinham leucemias linfoblásticas agudas de células B, 12 (21,43%) tinham leucemias linfoblásticas agudas de células T e 4 (7,1%) eram bifenotípicas. AMOSTRA: Amostras de DNA foram extraídas de medula óssea obtidas ao diagnóstico e/ou na recaída. Em dois casos de leucemias linfoblásticas agudas de células T, o DNA obtido do líquido céfalo-raquidiano foi analisado. VARIÁVEIS ESTUDADAS: Deleções ou substituições de bases nos éxones 1, 2 e 3do gene p16 foram determinadas pela reação de polimerase em cadeia - polimorfismo conformacional em fita simples e seqüenciamento de nucleotídeos. A sobrevida livre de eventos foi determinada segundo o método de Kaplan-Meier e teste log-rank para pacientes com gene p16 normal e alterado. )RESULTADOS: Em cinco casos (quatro leucemias linfoblásticas agudas pré B CALLA+ e uma leucemia linfoblástica aguda T) foram observadas deleções no éxon 3. Foram verificadas migrações anômalas no polimorfismo conformacional em fita simples em sete casos no éxon 1, seis no éxon 2 e cinco no éxon 3. A confirmação da mutação pelo seqüenciamento direto do DNA ocorreu em quatro casos no éxon 1 e 2 no éxon 2. Foram comparadas as curvas de sobrevida pelo método de Kaplan-Meier e teste log-rank e não se obteve diferença estatisticamente significativa da sobrevida livre de eventos em cinco anos entre os grupos de criança com leucemia linfoblática aguda com p16 normal e alterado e também entre os pacientes com leucemia linfoblástica aguda B com p16 normal e alterado. Não foi possível avaliar pelo método de Kaplan-Meier os pacientes com leucemia linfoblástica aguda T devido ao pequeno número de casos. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos, principalmente em relação à freqüência de deleções, foram concordantes com vários autores que sugerem que deleções do gene p16 possam ser eventos iniciais da gênese leucêmica. Tendo em vista o pequeno número de amostras estudadas, não foi possívelrealizar a correlação entre leucemia linfoblática aguda na infância e as mutações de ponto no gene p16 encontradas neste estudo. Não se obteve significância estatística entre sobrevida livre de eventos e alterações do p16 em leucemia linfoblática aguda pelo método de Kaplan-Meier. A freqüência de alterações do p16 em leucemia linfoblástica aguda B e T foram concordantes com os estudos realizados em alguns centros mundiais. Sugerimos a realização de uma pesquisa multicêntrica com um maior número de casos, principalmente sobre leucemia linfoblástica aguda T, a fim que seja possível traçar um perfil de alterações do gene p16 em crianças brasileiras
  • Imprenta:
  • Source:
  • Online source accessDOI
    Informações sobre o DOI: 10.1590/s1516-31802003000200005 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEMOS, José Alexandre Rodrigues; DEFAVERY, Ricardo; SCRIDELI, Carlos Alberto; TONE, Luiz Gonzaga. Analysis of p16 gene mutations and deletions in childhood acute lymphoblastic leukemias. São Paulo Medical Journal, São Paulo, v. 121, n. 2, p. 58-62, 2003. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/spmj/v121n2/a05v1212.pdf > DOI: 10.1590/s1516-31802003000200005.
    • APA

      Lemos, J. A. R., Defavery, R., Scrideli, C. A., & Tone, L. G. (2003). Analysis of p16 gene mutations and deletions in childhood acute lymphoblastic leukemias. São Paulo Medical Journal, 121( 2), 58-62. doi:10.1590/s1516-31802003000200005
    • NLM

      Lemos JAR, Defavery R, Scrideli CA, Tone LG. Analysis of p16 gene mutations and deletions in childhood acute lymphoblastic leukemias [Internet]. São Paulo Medical Journal. 2003 ; 121( 2): 58-62.Available from: http://www.scielo.br/pdf/spmj/v121n2/a05v1212.pdf
    • Vancouver

      Lemos JAR, Defavery R, Scrideli CA, Tone LG. Analysis of p16 gene mutations and deletions in childhood acute lymphoblastic leukemias [Internet]. São Paulo Medical Journal. 2003 ; 121( 2): 58-62.Available from: http://www.scielo.br/pdf/spmj/v121n2/a05v1212.pdf


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020