Exportar registro bibliográfico

Modelo matemático para avaliação da erosão a jusante de reservatórios: estudo de caso da barragem do Castanhão - CE (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated author: MENESCAL, JOAO FERNANDO DE ABREU - EESC
  • School: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: BARRAGENS DE TERRA; EROSÃO FLUVIAL; MODELOS MATEMÁTICOS; TRANSPORTE DE SEDIMENTOS
  • Language: Português
  • Abstract: O transporte de sedimentos fluvial constitui-se de um fenômeno complexo, no qual inúmeras variáveis estão envolvidas. A construção de barramentos aumentou o interesse no entendimento dos efeitos hidráulicos desse tipo de obra sobre o rio. A retenção de sedimentos no reservatório formado pela construção da obra e a erosão a jusante da contenção das águas podem produzir efeitos desastrosos ao sistema fluvial. A utilização de modelos matemáticos para representar a natureza e estudar o fenômeno do transporte de sedimentos vem sendo aprimorada. O objetivo deste trabalho foi avaliar as conseqüências da construção de barramentos nos rios, através da aplicação de formulações hidráulicas de movimento de água e de sedimentos na forma de algoritmos computacionais. Para o estudo do transporte de sedimentos em canais naturais foi utilizado o modelo desenvolvido por CHEN (1973) enquanto para a análise da capacidade de carga de sedimentos em função da vazão e características da seção aplicou-se o de TOFFALETI (1969). Realizou-se estudo de caso, com a aplicação dos modelos matemáticos à Barragem do Castanhão, no Estado do Ceará. A utilização dos regimes hidrológicos dos eventos de cheia para o reservatório, com tempo de retorno de 10, 20, 25, 50, 100 e 1000 anos, indicaram uma erosão acentuada de até 1,00 m de profundidade logo após o barramento. A estabilização do fenômeno de transporte foi estimado a uma distância de 10,0 Km a jusante da obra. Entretanto, vazões afluentesmédias e vazões inferiores a 100 'M POT. 3'/s parecem não ter efeito sobre a morfologia fluvial. Concluímos: 1. O modelo de CHEN (1973) se aplica ao estudo do transporte de sedimentos fluvial, permitindo a indicação dos pontos de erosão e assoreamento; 2. Os eventos de cheia têm uma grande influência no transporte de sedimentos ao longo do rio
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.02.2003
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENESCAL, João Fernando de Abreu; VILLELA, Swami Marcondes. Modelo matemático para avaliação da erosão a jusante de reservatórios: estudo de caso da barragem do Castanhão - CE. 2003.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-21102016-164246/pt-br.php >.
    • APA

      Menescal, J. F. de A., & Villela, S. M. (2003). Modelo matemático para avaliação da erosão a jusante de reservatórios: estudo de caso da barragem do Castanhão - CE. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-21102016-164246/pt-br.php
    • NLM

      Menescal JF de A, Villela SM. Modelo matemático para avaliação da erosão a jusante de reservatórios: estudo de caso da barragem do Castanhão - CE [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-21102016-164246/pt-br.php
    • Vancouver

      Menescal JF de A, Villela SM. Modelo matemático para avaliação da erosão a jusante de reservatórios: estudo de caso da barragem do Castanhão - CE [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-21102016-164246/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022