Exportar registro bibliográfico

Pós-tratamento de esgoto sanitário tratado em reator anaeróbio compartimentado utilizando biofiltro aerado submerso (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: SOARES, LEONARDO VIEIRA - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: ESGOTOS SANITÁRIOS; REATORES ANAERÓBIOS
  • Language: Português
  • Abstract: Nesta pesquisa, estudou-se a aplicação do biofiltro aerado submerso (BF) para pós-tratamento de esgoto sanitário tratado em reator anaeróbio compartimentado (ABR), visando adequar o efluente aos padrões estabelecidos pela legislação ambiental. A pesquisa foi dividida em duas etapas experimentais diferenciadas, principalmente, pela escala do biofiltro. Na primeira etapa, foi utilizado um biofiltro aerado submerso ('BF IND.1'), em escala de laboratório, com volume útil de 7,82 L, sendo operado com tempo de detenção hidráulica de 3 horas, durante 117 dias. Na segunda etapa, foi empregado um biofiltro aerado submerso ('BF IND. 2'), em escala piloto, com volume útil de 178 L, sendo operado com tempo de detenção hidráulica de 6 horas, durante 47 dias. Em ambas as etapas, foram utilizadas matrizes cúbicas de espumas de poliuretano como meio suporte para imobilização celular e câmara de saturação - semelhante às utilizadas em sistemas de flotação por ar dissolvido - como mecanismo de aeração. O biofiltro 'BF IND. 1' obteve eficiências médias de remoção de 'DQO IND. B', 'DBO IND. 5' e SST de 78%, 81% e 84%, respectivamente. O efluente apresentou as seguintes características médias: 22 mg 'DBO IND. 5'/L, 49 mg 'DQO IND. B/L e concentrações de SST e SSV inferiores a 20 mg/L em 96% dos valores medidos. A ocorrência do processo de nitrificação foi considerada pequena, atingindo eficiência máxima de conversão igual a 49%. Com relação ao biofiltro 'BF IND. 2', o desempenho domesmo foi prejudicado pelo arraste do lodo do inóculo durante a primeira retro-lavagem e pelas baixas cargas orgânicas volumétricas aplicadas que dificultaram o crescimento dos microrganismos, não sendo observado se o reator entrou em regime permanente. As eficiências médias de remoção de 'DQO IND. B', 'DBO IND. 5' e SST foram de 49%, 64% e 51%, respectivamente. . O efluente do biofiltro 'BF IND. 2' apresentou as seguintes médias: 98 mg 'DQO IND. B'/L, 49 mg 'DBO IND. 5'/L e 19 mg SST/L. Quanto à inativação de microrganismos patogênicos, os resultados obtidos indicaram a necessidade de uma unidade de desinfecção após o sistema de pós-tratamento. O efluente do biofiltro 'BF IND. 1' apresentou concentrações médias de coliformes totais e fecais de 7,1 x '10 POT. 4' e 1,1 x '10 POT. 5' NMP/100 mL, enquanto para o biofiltro 'BF IND. 2' as concentrações foram de 3 x '10 POT. 6' e 6,4 x '10 POT. 4' NMP/100mL. A espuma de poliuretano comportou-se de forma adequada para imobilização da biomassa aeróbia, bem como para remoção de sólidos suspensos, devida a sua porosidade (90%) e capacidade de absorção. A câmara de saturação mostrou-se eficiente quanto ao processo de saturação de oxigênio e, quando operada com tempos de detenção hidráulica significativos, contribuiu com o processo de tratamento do efluente anaeróbio
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.05.2003
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOARES, Leonardo Vieira; POVINELLI, Jurandyr. Pós-tratamento de esgoto sanitário tratado em reator anaeróbio compartimentado utilizando biofiltro aerado submerso. 2003.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-17112016-114657/pt-br.php >.
    • APA

      Soares, L. V., & Povinelli, J. (2003). Pós-tratamento de esgoto sanitário tratado em reator anaeróbio compartimentado utilizando biofiltro aerado submerso. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-17112016-114657/pt-br.php
    • NLM

      Soares LV, Povinelli J. Pós-tratamento de esgoto sanitário tratado em reator anaeróbio compartimentado utilizando biofiltro aerado submerso [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-17112016-114657/pt-br.php
    • Vancouver

      Soares LV, Povinelli J. Pós-tratamento de esgoto sanitário tratado em reator anaeróbio compartimentado utilizando biofiltro aerado submerso [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-17112016-114657/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020