Exportar registro bibliográfico

Metabolismo do ácido ascórbico durante o desenvolvimento e amadurecimento da manga (Mangifera indica L. var. Keitt) e amadurecimento da goiaba branca (Psidium guajava L. var. Paloma) (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: GOMEZ, MARIA LUIZA PASSANEZI ARAUJO - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBA
  • Subjects: VITAMINA C (DISPONIBILIDADE); FRUTAS (ANÁLISE QUÍMICA); BIOQUÍMICA DE ALIMENTOS; BROMATOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Devido à importância da vitamina C para os organismos humano e vegetal, toma-se útil o estudo dos mecanismos de síntese e degradação do ácido ascórbico (AA) nos vegetais, que fornecem cerca de 90% da recomendação da ingestão diária de vitamina C. Os teores de AA podem variar, especialmente em frutas, durante o amadurecimento, Mas Pouco se sabe sobre os mecanismos utilizados pelas plantas para a regulação dos níveis deste composto. No presente estudo, procuramos correlacionar as atividades das enzimas de síntese (L-galactono-1,4-lactona desidrogenase - GLDHase), de degradação (ascorbato oxidase - AO e ascorbato peroxidase - APX) e de regeneração (monodesidroascorbato redutase - MDHAR e desidroascorbato redutase - DHAR) com o conteúdo do AA durante o amadurecimento da manga Keitt e da goiaba branca, por apresentarem comportamentos distintos. Também foi estudada a formação do ácido oxálico (AOx) a partir do ácido ascórbico, através de infiltração com um precursor radioativo deste último a L-[´1POT.14´C]-galactose. Na manga, tanto a conteúdo de AA quanto as atividades de GLDHase, DHAR e AO diminuíram durante o desenvolvimento e permaneceram constantes durante o amadurecimento. A APX e a MDHAR apresentaram picos de atividade no 180º dia após a antese (dpa). Não foi detectado ácido oxálico na manga variedade Keitt. Na goiaba, o conteúdo de AA aumentou durante o amadurecimento, assim como a atividade da GLDHase. A APX e a DHAR apresentaram picos de atividade no segundo dia; já asatividades de MDHAR e AO permaneceram constantes durante o período estudado. O conteúdo de AOx permaneceu praticamente constante, e houve detecção de oxalato marcado radioativamente, o que indica síntese de AOx a partir da L- galactose infiltrada, via síntese e degradação do AA. O Northern blotting do RNA total nos vários estádios do amadurecimento da manga e de um dos estádios do amadurecimento da goiaba demonstrou haver continua continuaçãoconservação da seqüência genética da GLDHase entre estas frutas e o morango. Em estudo da temperatura de armazenamento da goiaba, o abaixamento da temperatura não modifica fortemente o conteúdo de AA durante o armazenamento da goiaba branca durante sete dias. Este conteúdo parece ser mantido pela atividade em conjunto das enzimas de síntese e regeneração, e por uma inativação parcial do sistema de degradação. Desta forma, conclui-se que as atividades das enzimas relacionadas ao metabolismo do AA diferem entre espécies de frutos, originando conteúdos diversos de AA durante o desenvolvimento e amadurecimento, e que, apesar da importância de todo o sistema enzimático, a enzima GLDHase parece estar mais relacionada à variação do AA nestes frutos do que as demais enzimas estudadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.03.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOMEZ, Maria Luiza Passanezi Araujo; LAJOLO, Franco Maria. Metabolismo do ácido ascórbico durante o desenvolvimento e amadurecimento da manga (Mangifera indica L. var. Keitt) e amadurecimento da goiaba branca (Psidium guajava L. var. Paloma). 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Gomez, M. L. P. A., & Lajolo, F. M. (2003). Metabolismo do ácido ascórbico durante o desenvolvimento e amadurecimento da manga (Mangifera indica L. var. Keitt) e amadurecimento da goiaba branca (Psidium guajava L. var. Paloma). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gomez MLPA, Lajolo FM. Metabolismo do ácido ascórbico durante o desenvolvimento e amadurecimento da manga (Mangifera indica L. var. Keitt) e amadurecimento da goiaba branca (Psidium guajava L. var. Paloma). 2003 ;
    • Vancouver

      Gomez MLPA, Lajolo FM. Metabolismo do ácido ascórbico durante o desenvolvimento e amadurecimento da manga (Mangifera indica L. var. Keitt) e amadurecimento da goiaba branca (Psidium guajava L. var. Paloma). 2003 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021