Exportar registro bibliográfico

Patologia comparada das principais enfermidades parasitárias de mamíferos marinhos encontrados na Costa Sudeste e Sul do Brasil (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: MARIGO, JULIANA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPT
  • Subjects: CETACEA; PINNIPEDIA; PARASITOLOGIA; PARASITOLOGIA VETERINÁRIA; PATOLOGIA VETERINÁRIA; PATOLOGIA COMPARADA; BRASIL
  • Language: Português
  • Abstract: O estudo parasitológico de mamíferos marinhos, especialmente dos cetáceos, tem sido realizado, em geral, de forma esporádica, com descrição de material encontrado em encalhes ocasionais e sem utilização de métodos padronizados. Os objetivos do presente trabalho foram: levantar os principais parasitos encontrados em mamíferos marinhos no Brasil - particularmente nas regiões Sudeste e Sul; sua possível patogenicidade e relação com a causa de morte do hospedeiro. Foram utilizadas amostras colhidas de animais encontrados mortos em praias ou acidentalmente capturados em redes de pesca no litoral dos estados de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. Ocasionalmente, também foram analisadas amostras de pinípedes provenientes de centros de reabilitação e coleções zoológicas. Sempre que possível, foi efetuada a necrópsia completa, com ênfase na abordagem parasitológica e colhendo também amostras para análise histopatológica. Durante a necroscopia, com vistas à pesquisa de parasitos metazoários, realizou-se a busca em todos os órgãos, porém atenção especial foi dada aos pulmões, estômagos e segmentos intestinais. Estes órgãos foram congelados e posteriormente abertos individualmente dentro de recipiente plástico e seus conteúdos passados por uma peneira de malha 150'mü'm. Todo o material colhido foi observado em lupa para a separação dos parasitos, que foram contados e armazenados em frascos com álcool 70% (nematóides e acantocéfalos) e formol 10% (trematóides e cestóides).Foram analisados 118 cetáceos e sete pinípedes. À análise macroscópica, parasitos pulmonares da espécie Halocercus brasiliensis foram encontrados em 30,7% (16/52) dos cetáceos, parasitos gástricos (Anisakis typica, A. sp., Braunina cordiformis, Polymorphus sp.) em 19,1% (13/68) e intestinais (Hadwenius pontoporiae, H. tursionis, cestóides da família Tetrabothriidae, acantocéfalos não identificados) em 78,6% (70/89). Crustáceos (Cirripedia: (continua) ) Lepadomorpha) foram encontrados em S. frontalis e larvas de Monorygma grimaldii em S. coeruleoalba. Nos pinípedes, parasitos gastrointestinais (nematóides e acantocéfalos Corynosoma sp.) foram encontrados em 100% (2/2) dos indivíduos analisados macroscopicamente. Na análise histológica foi possível observar que 62,5% (5/8) dos cetáceos e 66,6% (4/6) dos pinípedes apresentaram lesões relacionadas com a presença de parasitas pulmonares. Estas foram as lesões de maior severidade encontradas, sendo condições extremamente debilitantes para estes animais aquáticos. Os helmintos gastrointestinais aparentemente não causaram lesões significativas. Os trematóides H. pontoporiae e H. tursionis identificados nos animais analisados neste estudo podem ser utilizados, de acordo com metodologia padronizada, como marcadores de estoques de P. blainvillei e S. guianensis respectivamente, pois estas espécies de cetáceos apresentaram diferentes níveis de infecção dentro das áreas amostradas. As amostras utilizadas na realizaçãodeste projeto complementaram o banco de tecidos de animais selvagens mantido pelo Laboratório de Patologia Comparada de Animais Selvagens da FMVZ. As informações referentes aos achados anatomopatológicos, mesmo de indivíduos capturados acidentalmente, supostamente saudáveis, devem buscar a determinação do real significado dos processos patológicos, do estado sanitário das populações e não somente de indivíduos, inclusive no caso do impacto de parasitas, onde vários fatores intrínsecos e extrínsecos podem estar relacionados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.06.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARIGO, Juliana; CATÃO-DIAS, José Luiz. Patologia comparada das principais enfermidades parasitárias de mamíferos marinhos encontrados na Costa Sudeste e Sul do Brasil. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Marigo, J., & Catão-Dias, J. L. (2003). Patologia comparada das principais enfermidades parasitárias de mamíferos marinhos encontrados na Costa Sudeste e Sul do Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Marigo J, Catão-Dias JL. Patologia comparada das principais enfermidades parasitárias de mamíferos marinhos encontrados na Costa Sudeste e Sul do Brasil. 2003 ;
    • Vancouver

      Marigo J, Catão-Dias JL. Patologia comparada das principais enfermidades parasitárias de mamíferos marinhos encontrados na Costa Sudeste e Sul do Brasil. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021