Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Exposiçäo ocupacional a solventes orgânicos em trabalhadores de laboratórios e efeitos genotóxicos (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MARTINS, DEOLINDA IZUMIDA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSA
  • DOI: 10.11606/T.6.2002.tde-21012021-153732
  • Subjects: LABORATÓRIOS; SOLVENTE
  • Language: Português
  • Abstract: O trabalho em laboratórios químicos, clínicos e toxicológicos, vem sendo relacionado ao desenvolvimento de diversos efeitos nocivos à saúde, incluindo os reprodutivos e de desenvolvimento de tumores. embora näo sejam consideradas como único mecanismo de açäo, as alterações genotóxicas decorrentes da exposiçäo a substâncias como solventes em laboratórios estäo entre as prováveis causas destes efeitos. A característica da exposiçäo nestes locais, a saber, grande diversidade de compostos a baixas concentrações e baixa freqüência, dificulta a avaliaçäo das exposições e do risco associado a elas. Estuda a estimativa da exposiçäo ocupacional a solventes orgânicos em trabalhadores de laboratórios e avalia danos genotóxicos nos indivíduos expostos. Um grupo exposto composto de 23 trabalhadores de laboratórios e um grupo näo-exposto de 22 trabalhadores de escritório foram avaliados. Determinações qualitativas e quantitativas dos solventes nos ambientes dos laboratórios foram realizadas por meio de amostragem passiva, sendo encontrado uma diversidade de solventes em cada amostra analisada (média de 5 solventes por amostra)em concentrações geralmente baixas (Índices de Exposiçäo abaixo de 0,5). Os efeitos genotóxicos foram avaliados por meio do teste citogenético do Micronúcleo (MN)em, linfócitos de sangue periférico de 21 indivíduos expostos e 22 indivíduos näo-expostos, pareados por idade, gênero e hábito de fumar.Foi utilizado o método do micronúcleo com bloqueio da citocinese por meio de Citocalasina B. A freqüência de MN foi verificada em 1.000 células binucleadas, sendo encontrada uma diferença significativa nas freqüências de MN nos trabalhadores de laboratório (4,7 MN/1000 binucleadas)quando comparada a dos näo-expostos (1,9 MN/1000 binucleadas), de acordo com o teste do Qui-quadrado (#61539;²=28,911; 1 grau de liberdade; P<0,0001)O trabalho em laboratórios químicos, clínicos e toxicológicos,(continua) e carcinogênicos. Detectar a presença de helminto intestinal humano nas águas residuárias de uma estaçäo de tratamento de esgotos. Empregou-se a técnica de centrifugaçäo e flotaçäo com soluçäo de sulfato de zinco à 33 por cento (dentidade 1,18). Foram identificados e quantificados vários ovos de helmintos. Os indicadores parasitológicos estabelecidos foram Ascaris sp, Enterobius vermiculares, Hymenolepis sp e Strongyloides sp. O risco sanitário do reuso de águas residuárias no município de Säo Paulo deve ser considerado, exigindo o planejamento e a adoçäo de medidas de controle para o reuso seguro em relaçäo à presença de ovos de helmintos, e de outros agentes patógenos täo resistentes como os cistos de protozoários. Portanto, esses agentes devem ser avaliados para servirem de indicadores sanitários e de patogenicidade, juntamente com os ovos de helmintos. Também, a presença de substâncias químicas, de metais pesados, de substâncias tóxicas e carcinogênicas devem ser consideradas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.11.2002
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2002.tde-21012021-153732 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARTINS, Deolinda Izumida; COLACIOPPO, Sérgio. Exposiçäo ocupacional a solventes orgânicos em trabalhadores de laboratórios e efeitos genotóxicos. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2002.tde-21012021-153732 > DOI: 10.11606/T.6.2002.tde-21012021-153732.
    • APA

      Martins, D. I., & Colacioppo, S. (2002). Exposiçäo ocupacional a solventes orgânicos em trabalhadores de laboratórios e efeitos genotóxicos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2002.tde-21012021-153732
    • NLM

      Martins DI, Colacioppo S. Exposiçäo ocupacional a solventes orgânicos em trabalhadores de laboratórios e efeitos genotóxicos [Internet]. 2002 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2002.tde-21012021-153732
    • Vancouver

      Martins DI, Colacioppo S. Exposiçäo ocupacional a solventes orgânicos em trabalhadores de laboratórios e efeitos genotóxicos [Internet]. 2002 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2002.tde-21012021-153732

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021