Exportar registro bibliográfico

A descoberta freudiana: uma nova razão: um elogio ao saber (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: GIUSTI, MARIA ELIZA - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSC
  • Assunto: SUJEITO
  • Language: Português
  • Abstract: A pergunta do presente trabalho é como foi que Freud descobriu o inconsciente e com ela uma outra é adendada, a saber, o que foi que Freud descobriu quando descobriu o inconsciente. A partir daí, o caminho trilhado foi o destaque dessa descoberta no campo da clínica, distinguindo-a da chamada clínica do olhar - a clínica psiquiátrica. Para extrair não só a trajetória de uma descoberta, mas os fundamentos do que vem a ser a clínica da escuta, como ficou assim nomeada a Psicanálise. O sujeito em questão foi o princípio e o fim do percurso. O instante de ver da descoberta e o tempo de compreender foi a divisão temporal empregada, tal qual os passos lógicos da direção de cura em psicanálise
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.05.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GIUSTI, Maria Eliza; NOGUEIRA, Luiz Carlos. A descoberta freudiana: uma nova razão: um elogio ao saber. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Giusti, M. E., & Nogueira, L. C. (2003). A descoberta freudiana: uma nova razão: um elogio ao saber. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Giusti ME, Nogueira LC. A descoberta freudiana: uma nova razão: um elogio ao saber. 2003 ;
    • Vancouver

      Giusti ME, Nogueira LC. A descoberta freudiana: uma nova razão: um elogio ao saber. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020