Exportar registro bibliográfico

Resistência ao desgaste de cimentos resinosos submetidos à ciclagem de pH e escovação simulada (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PRAKKI, ANURADHA - FOB
  • Unidades: FOB
  • Sigla do Departamento: BAD
  • Subjects: CIMENTOS DENTÁRIOS; RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS
  • Language: Português
  • Abstract: A importância da avaliação da resistência ao desgaste de cimentos resinosos se justifica, uma vez que estes podem ser expostos ao meio bucal em função do grau de desadaptação das restaurações estéticas indiretas, tornando-os susceptíveis às degradações físicas, químicas e mecânicas. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência ao desgaste, por meio da escovação simulada, de três cimentos resinosos, Enforce (Dentsply), Rely X (3M) e Variolink II (Vivadent) quando comparados a dois materiais de restauração indireta, Artglass (Heraeus Kulzer) e Duceram Plus (Ducera), através da alteração de massa e rugosidade superficial. Foram confeccionados 100 corpos de prova, 20 para cada material testado, onde metade foi submetida aos ciclos dinâmicos de pH previamente à escovação simulada. Os espécimes foram submetidos a 100.000 ciclos de escovação, utilizando-se escovas dentais macias (Oral B) e pasta dental (Colgate) diluída em água deionizada. A alteração de massa foi verificada pela diferença entre massa inicial (antes da escovação) e final (após escovação) em balança analítica. A alteração da rugosidade superficial (Ra) foi determinada pela diferença entre a média de cinco leituras iniciais (antes da escovação) e cinco leituras finais (após escovação) com rugosímetro Hommel Tester T 1000. Os resultados foram submetidos à análise de variância e teste de Tukey (p<0,05). A porcelana Duceram Plus não foi influenciada pela ciclagem de pH e, apresentouo melhor comportamento frente ao teste de escovação simulada. Entre os materiais resinosos, o Artglass e o Variolink II apresentaram os melhores comportamentos para alteração de massa e rugosidade superficial, seguidos do Rely X e Enforce. A ciclagem de pH não influenciou estatisticamente no desgaste dos materiais avaliados
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 2003
  • Data da defesa: 23.05.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRAKKI, Anuradha; MONDELLI, Rafael Francisco Lia. Resistência ao desgaste de cimentos resinosos submetidos à ciclagem de pH e escovação simulada. 2003.Universidade de São Paulo, Bauru, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25131/tde-27112004-111927/ >.
    • APA

      Prakki, A., & Mondelli, R. F. L. (2003). Resistência ao desgaste de cimentos resinosos submetidos à ciclagem de pH e escovação simulada. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25131/tde-27112004-111927/
    • NLM

      Prakki A, Mondelli RFL. Resistência ao desgaste de cimentos resinosos submetidos à ciclagem de pH e escovação simulada [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25131/tde-27112004-111927/
    • Vancouver

      Prakki A, Mondelli RFL. Resistência ao desgaste de cimentos resinosos submetidos à ciclagem de pH e escovação simulada [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25131/tde-27112004-111927/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020