Exportar registro bibliográfico

Avaliação da magnitude das interferências oclusais e sua relação com os sinais clínicos de trauma oclusal e sinais e sintomas de desordens temporomandibulares (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: MENDONCA NETO, TATIANY DE - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR; INTERFERÊNCIAS OCLUSAIS; REABILITAÇÃO BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: Apesar dos conhecimentos atuais mostrarem que a oclusão desempenha um papel relativamente pequeno na etiologia multifatorial das DTMs, publicações recentes demonstraram que algumas alterações oclusais e/ou esqueléticas aumentam o risco do indivíduo apresentar DTM. Dentre estas alterações está a diferença entre RC e MIH no sentido horizontal maior que 4mm. No entanto, ainda não se sabe qual o papel de uma interferência desta magnitude, no sentido vertical, como fator contribuinte para as DTMs. Este estudo verificou a relação de causa e efeito das interferências oclusais no sentido vertical avaliando a relação entre a magnitude da interferência oclusal com a presença de sinais sintomas de trauma oclusal e sinais e sintomas de DTM. Foram avaliados 43 pacientes, independente do gênero e idade, que não poderiam ser desdentados totais, não poderiam apresentar ausência de 5 ou mais unidades oclusais posteriores não substituídas e não poderiam estar em tratamento ortodôntico. O registro da magnitude da interferência oclusal foi feito na região anterior, através da borda incisal do incisivo superior, na face vestibular do incisivo inferior, nas posições de MIH e contato interferente em RC. A diferença em milímetros desta posição determinou a magnitude da interferência oclusal. Os resultados mostraram que as evidências de interferência oclusal estão presentes nos pacientes com e sem sinais e sintomas de DTM e sinais clínicos de trauma oclusal. Concluiu-se que nãohouve associação entre a magnitude das interferências oclusais e sinais clínicos de trauma oclusal e sinais e sintomas de Desordens Temporomandibulares
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.05.2003
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENDONÇA NETO, Tatiany de; ARAÚJO, Carlos dos Reis Pereira de. Avaliação da magnitude das interferências oclusais e sua relação com os sinais clínicos de trauma oclusal e sinais e sintomas de desordens temporomandibulares. 2003.Universidade de São Paulo, Bauru, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-30112004-170400/ >.
    • APA

      Mendonça Neto, T. de, & Araújo, C. dos R. P. de. (2003). Avaliação da magnitude das interferências oclusais e sua relação com os sinais clínicos de trauma oclusal e sinais e sintomas de desordens temporomandibulares. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-30112004-170400/
    • NLM

      Mendonça Neto T de, Araújo C dos RP de. Avaliação da magnitude das interferências oclusais e sua relação com os sinais clínicos de trauma oclusal e sinais e sintomas de desordens temporomandibulares [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-30112004-170400/
    • Vancouver

      Mendonça Neto T de, Araújo C dos RP de. Avaliação da magnitude das interferências oclusais e sua relação com os sinais clínicos de trauma oclusal e sinais e sintomas de desordens temporomandibulares [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-30112004-170400/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021