Exportar registro bibliográfico

Avaliação da capacidade de discriminação interoclusal para microespessuras em indivíduos dentados e edentados reabilitados com próteses convencionais e implantossuportadas (2003)

  • Authors:
  • Autor USP: BATISTA, MAURO ANTONIO DA CRUZ - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: MANDÍBULA; PRÓTESES E IMPLANTES; REABILITAÇÃO BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: Devido à importância da sensibilidade tátil periodontal na regulação das forças oclusais, abertura reflexa mandibular e estereognose oral, e tendo em vista que milhares de pacientes edêntulos reabilitados com próteses implantossuportadas relataram melhora nas suas funções orais, entre elas, a percepção tátil interoclusal, procurou-se, através deste trabalho, realizar uma avaliação da capacidade de discriminação interoclusal para microespessuras em 70 indivíduos: dentados, edentados usuários de próteses totais convencionais (PT's) e portadores de próteses implantossuportadas, utilizando lâminas de alumínio produzidas industrialmente com 0,010mm; 0,024mm; 0,030mm; 0,050mm; 0,080mm; 0,104mm de espessura, inseridas na região dos pré-molares. Dos resultados obtidos foi possível concluir que os indivíduos portadores de prótese fixa implantossuportada (PFIS) na maxila e mandíbula (grupo B1 apresentaram um limiar tátil médio interoclusal bastante reduzido (0,014mm), próximo dos indivíduos dentados (grupo A - <0,010mm) e os indivíduos portadores de PT's (grupo C) apresentaram um limiar tátil médio interoclusal bastante elevado (0,092mm). Quanto aos indivíduos portadores de PFIS ou overdentures implantorretidas ocluindo com PT (grupo B4e grupo B3 respectivamente), os valores dos limiares (0,027mm e 0,027mm, respectivamente) ficaram abaixo dos indivíduos portadores de PT's e acima dos indivíduos com dentição natural. Do exposto, pode-se afirmar que as PFIS do ponto de vistapsicofísico constituem uma boa opção no restabelecimento das funções orais e conseqüentemente melhoram a qualidade de vida dos indivíduos. Por outro lado, as PT's pela escassa retenção e estabilidade que apresentam, além da falta de um mecanismo de bio-feedback proporcionado pelo ligamento periodontal com seus mecanorreceptores altamente especializados, são as que menos benefícios trazem a seus portadores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.05.2003

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BATISTA, Mauro Antônio da Cruz; BONACHELA, Wellington Cardoso. Avaliação da capacidade de discriminação interoclusal para microespessuras em indivíduos dentados e edentados reabilitados com próteses convencionais e implantossuportadas. 2003.Universidade de São Paulo, Bauru, 2003.
    • APA

      Batista, M. A. da C., & Bonachela, W. C. (2003). Avaliação da capacidade de discriminação interoclusal para microespessuras em indivíduos dentados e edentados reabilitados com próteses convencionais e implantossuportadas. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Batista MA da C, Bonachela WC. Avaliação da capacidade de discriminação interoclusal para microespessuras em indivíduos dentados e edentados reabilitados com próteses convencionais e implantossuportadas. 2003 ;
    • Vancouver

      Batista MA da C, Bonachela WC. Avaliação da capacidade de discriminação interoclusal para microespessuras em indivíduos dentados e edentados reabilitados com próteses convencionais e implantossuportadas. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021